domingo, 8 de junho de 2014

O DIABO SEM DEUS, OU DEUS SEM O DIABO; COMO SERIA?


Eu estava pensando se o diabo não existisse o que seria da vida de Deus, e o que seria da nossa vida. Desculpe-me pelo que eu vou dizer, mas afinal podemos dizer o que pensamos a respeito de qualquer coisa que seja.
Imaginem se Deus tivesse matado o diabo no momento eu que ele pecou e não quis se arrepender.
Analisando por ambos os lados tanto o de Deus como do diabo, da a entender que um depende do outro nessa briga por causa de almas dos pecadores, e tudo acaba sobrando para os mais fracos que somos nós os pecadores.
Essa história em que Lúcifer, (ou o anjo de luz) aparece como responsável por ter desacatado o criador e feito com que todos os que estavam ao seu lado fosse lançados nas trevas.
O melhor Lúcifer e seus anjos foram expulsos da presença de Deus.
Quando Deus criou o homem o diabo já existia, e habitava no jardim de Deus, o Jardim do Éden, mas se aquele jardim era de Deus e Ele havia colocado o homem para ali habitar, com a permissão de quem o diabo estava ali.
Desculpem-me pelo que vou dizer podem me chamar de louco, podem dizer que estou sendo usado pelo mal, mas em minha opinião Deus permitiu que o diabo continuasse vivo para que Ele pudesse ter como provar a ele que o homem substituiria os anjos que o diabo levou consigo no momento em que foi expulso do céu.
O diabo é uma figura importante nessa briga por almas, sem ele não haveria uma disputa para ver quem consegue mais almas.
Se Deus não permitisse que o diabo fizesse o homem pecar ali em seu jardim, Ele não teria nada para fazer.
É através do pecado que somos ameaçados da morte da alma, mas se é Ele o criador e soberano é claro que Ele sabia que o homem cairia no erro, porque nada acontece que não seja por sua vontade.
Adão pecou, mas quem colocou o pecado diante dele foi o próprio criador, porque aquele jardim era de Deus e não do diabo, e quando um lugar é de Deus só habita nele quem Ele quer.
Quando o homem foi colocado ali naquele jardim o diabo já o esperava, logo seria o momento de Deus testar a sua criatura tentando provar para o diabo que o homem não o trairia, e toda gloria seria somente sua.
Mas nessa prova o diabo venceu, porque Deus deu ao homem a liberdade de escolha assim como deu ao próprio diabo.
Não estou dizendo que Deus é inferior ao diabo, mas o que acontece é que Deus criou o ser humano para combater contra os anjos de lúcifer, aqueles que forma expulsos no momento de sua queda.
São milhões de anjos que lutam contra milhões de pecadores.
E tantos os demônios como os pecadores tem um líder muito poderoso para ajudar nesse combate. Lúcifer e seus demônios contra Jesus e seus fiéis.
Segundo a bíblia Deus para provar a satanás que Jó era um servo fiel, permitiu que ele causasse a maior desgraça na vida de Jó
Deus permite a satanás a destruir todos os bens, e filhos de Jó e como não fosse suficiente Ele permite que satanás coloque uma enfermidade em seu fiel servo.
E Jó como fiel aceita os testes de sofrimentos sem amaldiçoar o seu Deus, apesar de seu servo ter sofrido todo o tipo de miséria, Deus se sente satisfeito por ter derrotado ao diabo, provando que mesmo próximo da morte o seu servo lhe deu a vitória neste jogo.
Eu descobri que o mundo é um grande tabuleiro de xadrez, onde nos somos a peças e Deus e o diabo movimenta as peças que somos nós.
Cada um deles movimenta as peças segundo os seus planos, e no final do jogo vence aquele que possuir mais peça, e depois cada um fará o que quiser com essas peças.
Deus é fiel com os que o temem, mas desde a criação do mundo, somos testados de forma dolorosa, com provações que poucos resistem.
Se o Criador quisesse o pecado poderia ter sido evitado, mas para não ser covarde com o diabo Deus deu-lhe a chance de se arrepender, mas ele não se arrependeu e passou a ter poder sobre a vida dos filhos de Deus.
Tanto Deus como o diabo possuem poderes, sendo que Deus tem mais poder que o diabo, porque o próprio Deus é o criador do príncipe do mal. E permite que ele aja no meio do seu povo.
O próprio Deus deu permissão ao diabo para testar o seu filho Jesus, porque Ele habitava no meio de pecadores e estava vivendo momentos de provação de fidelidade ao Pai.
Mas Jesus como superior ao diabo o expulsou de sua presença.
Deus deu a liberdade ao diabo para ele fazer o que quiser com os pecadores, mas Ele também nos deu a liberdade de escolher a quem servir, ou a Ele ou ao diabo.
Bem se escolhermos o diabo, vamos morrer se escolhermos a Deus terá a vida eterna, na verdade não somos livres para nenhum lado porque a partir do momento que a liberdade nos oferece perigo de um lado então não é livres para escolher e sim forçados.
Apesar de ser obrigado a servir a Deus, ou morrer eu; prefiro viver confiando nas Suas promessas crendo que Jesus é o Senhor.
Jesus morreu na cruz para provar ao diabo que o Pai ama os seus filhos, e Jesus provou ao Pai que Ele era o cordeiro perfeito para aquele sacrifício.
E todo aquele Nele crê é uma peça do jogo que Deus tomou do diabo, porque o mundo é um grande tabuleiro de xadrez onde cada um de nós é uma peça, e torça para que Deus tenha em Suas mãos você como uma peça tomada do diabo.

Editado por José Simião

08/06/2014