terça-feira, 24 de junho de 2014

NÃO TEMAS, POR QUE SOU CONTIGO.


Não tenha medo das fortes tempestades que o mundo nos mostra, Não tenha medo da fúria do mar da vida, descanse no Senhor. Há momentos que da a impressão que o nosso barco vai afundar, os problemas vem como enormes ondas de um mar em fúria.
E o inimigo assopra forte contra o nosso barco, e por ser pequeno sobe até o topo das assombrosas ondas, mas estamos tão apavorados, e não percebemos que dentro do nosso barquinho há um passageiro que impedirá que ele venha afunda-se. Marcos 4 : 35 – 41
 Quando caiu a tarde, Jesus disse aos seus discípulos:  “vamos atravessar para o outro lado do lago”. Então eles foram, deixando a multidão, (embora outros barcos fossem atrás deles), mas logo se levantou uma terrível tempestade. Ondas enormes começaram a rebentar dentro do barco, até que quase ficou cheio d,água , preste afundar. E Jesus estava dormindo na popa do barco com a cabeça em numa almofada. Cheios de inquietação, eles O acordaram, com brado: Mestre, nós estamos quase nos afogando, e o Senhor nem se importa? ”Então Ele repreendeu o vento e disse ao mar: “Aquiete-se”! O vento parou e houve uma grande calma! Ele perguntou-lhes: “por que vocês estavam com tanto medo? Vocês ainda não têm nenhuma confiança em Mim?” Seus discípulos ficaram cheios de espanto, e diziam uns para os outros: “Quem é este homem,  que até as ondas e o vento lhe obedecem.
E essa mesma pergunta continua a ser feita por nós, porque ainda não conhecemos o poder de Jesus.
Em minha opinião Jesus não dormia e sim estava testando a Fe de seus alunos, ensinando os a colocar a Fé em prática, mostrando a eles que quando servimos a Deus de todo coração, nada devemos temer.
Quantas vezes Jesus esta ao nosso lado nas horas difíceis e não o reconhecemos, porque nos acovardamos e entramos em desesperos que muitas vezes nos leva a duvidar de sua existência.
Tenha certeza disso a vida do cristão é semelhante a um pequeno barco que navega constantemente sobre o mar, que ás vezes esta calmo, mas der repente aparecem as enormes ondas.
E essas ondas são os problemas da vida, as ofertas pecaminosas que o inimigo coloca diante de nossos olhos, mas não tenha medo porque Jesus está conosco nessa embarcação.
Eu quero desejar a você que esta lendo este artigo algo muito especial: desejo que a sua casa seja  constantemente  habitada pelos anjos do Senhor Jesus, e que a luz do Espírito Santo jorre dentro do seu lar como uma fonte inesgotável, amém.

Apenas um pequeno lembrete não abandone o Cantor cristão, seus hinos são maravilhosos

Hino 328 do CC.
Mestre, o mar se revolta
As ondas nos dão pavor:
O céu se reveste de trevas:
Não temos um Salvador!
Não se te dá que morramos?
Podes assim dormir.
Se a cada momento nos vemos,
Sim, prestes a submergir?
Coro
- "As ondas atendem ao meu mandar:
Sossegai!
Seja o encapelado mar
A ira dos homens, o gênio do mal:
Tais águas não podem a nau tragar,
Que leva o Senhor, Rei do Céu e mar,
Pois todos ouvem o meu mandar:
Sossegai! - sossegai!
Convosco estou para vos salvar:
Sim, sossegai!"
- Mestre, quão grande tristeza
me quer hoje consumir.
E a dor que perturba minha alma,
Te implora "Vem me acudir!"
De ondas do mal que me encobrem,
Quem me fará sair?
Pereço, pereço, oh Mestre
Te rogo: vem me acudir!
- Mestre, chegou a bonança,
Em paz vejo o céu e o mar!
O meu coração goza calma
Que não poderá findar.
Fica comigo, oh! meu Mestre,
Dono da Terra e Céu,
E assim chegarei bem seguro
Ao porto, destino meu.
Postado por José Simião