domingo, 22 de junho de 2014

INSISTIR NO SOFRIMENTO


 Havia um homem que era paralitico, este homem morava em uma região montanhosa, o seu maior prazer era ficar observando a natureza. Todas as manhas um parente o colocava em uma cadeira de rodas e o levava defronte a um vale onde ele observava a natureza.
Aquele homem admirava toda a natureza e dizia: como a natureza é perfeita, é uma pena que eu não posso ver tudo que gostaria de ver, porque não posso caminhar.
Certo dia Jesus resolveu falar com ele, e se aproximando dele o cumprimentou e disse lhe: percebo que o senhor gosta de ficar olhando a natureza.
Então aquele homem perguntou a Jesus: quem é o senhor? E Jesus o respondeu lhe: sou filho do homem que fez todas essas coisas que você tanto admira. Aquele homem com a voz de arrogância deu um sorriso e disse a Jesus: se o senhor veio aqui para falar de religião comigo; não quero ouvir nada, eu estou cansado de ouvir contadores de lorotas, e disse mais: o senhor acha que Deus existe, e ainda que ele existisse o seu filho seria homem como o senhor  vestido com esses trajes de andarilho, e incomodando as pessoas.  Olha moço eu não tenho tempo para escutar conversas fiadas.
Jesus o pergunta novamente, quem o senhor acha que fez tudo que existe no mundo? Ele respondeu: olha moço eu tenho certeza que não foi eu, e muito menos o senhor.
E Jesus pergunta-lhe: porque o senhor olha tanta para aquela montanha? Ele responde: não é da sua conta, mas eu tenho a curiosidade de saber o que há por detrás dela. E Jesus disse ao homem venha comigo, vou mostrar a você o que há por de trás daquela montanha, então aquele homem saiu de sua cadeira de rodas e acompanhou a Jesus até alem das montanhas, e chegando lá Jesus lhe mostrou muitas coisas que ele ainda não tinha visto por ser deficiente, e tudo ele elogiava e dizia como tudo isso é bonito.
Depois de ver tudo que desejava Jesus disse a ele: o que mais posso fazer por você? Ele disse para Jesus agora que já vi tudo, por favor, quero voltar para onde eu estava. Então Jesus com lagrimas nos olhos caminhou com ele até o local que estava a sua cadeira e ali ele sentou novamente, assumindo o seu lugar de paralitico.
É claro que isso é apenas uma história, mas a realidade da vida do cristão é semelhante a história deste homem.
Há trinta anos aquele homem era paralitico e apesar de sua incredulidade, Jesus o tirou de sua enfermidade e ele não percebeu, e ao retornar do seu caminhar com Jesus sentou novamente em sua cadeira da enfermidade. Era mais fácil sentar na cadeira do que dar créditos as palavras de Jesus. Uma parte da nossa vida Deus nos ajuda, mas tudo depende do que pensamos, se penso que sou incapaz nada posso fazer, se duvido da existência de Deus; Ele para mim deixa de existir. Somos aquilo que colocamos em nossa mente, se alimento o meu cérebro dizendo sou um fracassado, sempre serei um fracassado.
Quanta vez Jesus fez milagres em nossa vida e nem percebemos, quantas coisas novas recebemos de Deus e não lembramos como éramos no passado.
Muitos deficientes não conseguem largar sua bengala, ou muletas porque não percebem a presença de Jesus em sua vida. Quando Jesus disse a aquele homem que estava a esperado mover das águas para que fosse curado, mas quando Jesus o disse que se levantasse e pegasse a sua cama e fosse embora, se naquele momento o homem dissesse a Jesus eu não posso fazer isso porque sou deficiente, ele teria morrido com sua enfermidade, é preciso crer; é preciso dar o primeiro passo, olhar para trás e ver o que fomos e o que somos agora.
Não basta somente crer que Deus opera milagres, mas é preciso viver o milagre antes de acontecer, isso é por a fé em pratica.
Tem certos crentes que já foram curados de uma ulcera, e ha anos que não sente mais dor, e quando alguém lhe oferece algo ele diz: há eu não posso comer isso por causa da minha ulcera; a ulcera é dele, ele o adotou como sua, é o tipo de pessoa que continua alimentando a existência da doença dentro do seu corpo.
Cristão que caminham com Jesus, mas não percebem a sua presença, são curados, mas não acreditam e acabam voltando novamente para a cadeira da enfermidade.
Ser um servo de Jesus é muito mais que ficar sentado em um banco de igreja, você pode cantar e pregar, ter um cargo dentro de sua igreja, mas se não crer de todo coração tudo que você faz não tem valor algum.
Ser um servo e estar “a disposição de Deus a todo o momento, é viver o que Ele prometeu a nós antes de acontecer o milagre.
Ter fé em Deus é ter a convicção que Ele existe, e que sem Ele nada é possível acontecer na vida do cristão.
Deu faz coisa que já mais podemos imaginar depende da fé de cada um.

Desejo a todos uma ótima semana e fique na paz de nosso Senhor Jesus Cristo.

Editado por José Simião

23/06/2014