sexta-feira, 30 de maio de 2014

O DIA EM QUE A TERRA PAROU.





Era uma manha de agosto, e todos que abriam a porta de suas casas notaram que algo de estranho estava acontecendo. O céu estava cinza e as nuvens não se moviam, parecia que o tempo estava prometendo uma grande tempestade.
Todos os habitantes do planeta estavam horrorizados com aquele cenário assustador.
Naquele dia ninguém teve a coragem de sair de casa, porque o medo tomou conta de todos.
Nenhum aparelho eletrônico funcionava, os rádios e TVs ficaram mudos, nem mesmo o canto dos pássaros podia ouvir, Nenhum comerciante se atreveu em abrir o seu comercio, também não era necessário, pois não havia ninguém para comprar, e nem para vender.
A cidade estava deserta, nem trens, nem aviões, nem ônibus circulavam, pareciam que todos estavam mortos. Der repente surgiu uma forte ventania que veio arrastando nuvens negras  que tornou o tempo mais escuro que já estava,  todos ouviram uma grande explosão vinda do céus.
Uma grande lua surgiu no céu, era uma lua diferente daquela estamos acostumados a ver, sua cor era a cor do fogo, e dela saia muita fumaça.
Aquela lua foi ficando cada vez mais incandescente até que ela partiu em quatro partes iguais e de dentro dela escorria um liquido semelhante a larvas de vulcão que transformou em uma chuva de fogo, e a chuva de fogo caiu sobre todo o planeta. E suas gotas continham todo o tipo de doenças que nenhuma medicina podia identificar, nem mesmo os países que tem a medicina mais avançada do mundo. Mas a chuva não matava as pessoas e sim as deixavam enfermas, e destruía as plantações.
80 %  dos habitantes da terra estavam contaminados por essa peste desconhecida . Não havia dinheiro que pudesse comprar a saúde, nem os pobres nem os ricos.
No segundo ano de sofrimento após te contaminado milhões de pessoas por causa daquela peste, surge um profeta filho da grande babilônia, e junto dele havia milhares de seus seguidores, e ele falava a respeito de uma parte do mundo  onde a peste não havia atingindo, assim dizia o profeta: Há um país, mas somente os que são contra o cordeiro de Deus podem ir para lá, mas aqueles que não adorarem a besta vão perecer por um bom tempo. Este país faz parte da Europa. E lá vivem os verdadeiros adoradores da besta do apocalipse.
O profeta também disse que os cristãos se preparassem porque futuramente todas as religiões que pregam a respeito de Jesus serão unificadas e dirigidas por um grande líder conhecido por todo mundo, só que nessa época este líder será totalmente orientado por satanás e seus anjos. Quando o profeta terminou a sua profecia, abriu-se na terra uma enorme fenda que engoliu o profeta e seus seguidores, após a terra e ter engolido o profeta e seus seguidores ouvia-se o estalar dos ossos deles sendo quebrados pela pressão da terra quando se fechou a grande fenda.
 Novamente todos ouviram trovões e estalidos de raios que cobriam o céu.
No meio dos trovões ouviu-se uma voz que deixou todos assustados e Aquele que falava dizia: tudo esta acabado, recolha tudo que me pertencem, todos que me serviram, e aos demais de tudo que eles merecem como castigo. E um enorme campo que não podia avistar o seu fim lotou com almas de todas as nações do mundo, e um homem com traje de príncipe disse com a voz suave: estes são os meus amigos vinde para a casa do meu Pai e descanse, porque lá não existe sofrimento, porque eu sou a paz eterna. Então apareceram no céu quatro homens montados em seus cavalos e cada um trazia em sua mão direita uma espada e o príncipe disse: aos quatro cavaleiros que ferissem a todos que não deram importância as suas ordens. E aqueles a quem eles feriam não morriam, mas davam gemidos de dor e gritavam em desespero, mas a morte não tinha poder sobre eles, muitos diziam: eu quero morrer, mas nada adiantava. Ainda que eles tentassem se suicidar a morte nada podia fazer, a pele de seus corpos ardia como se estivessem queimando por chamas ardentes.
O príncipe dos santos após recolher todos os seus, e levá-los para junto do Pai.  E Todos os que serviam a lúcifer clamavam por misericórdia, mas o filho do grande Deus disse-lhes lamento por terem me traído, por terem me desprezado e disse mais: todos tiveram a mesma oportunidade de participar do meu reino.
Então uma forte luz iluminou toda aquela multidão que eram seguidores do filho do homem e os levou.
Assim que todos os santos foram retirados da presença do mal, surgiu um grande exercito de anjos com aparência de demônios que cercou os quatros cantos da terra, e um desses anjos com uma voz estrondosa disse: venho em nome de nosso líder lúcifer para levar a todos.
Eram milhões e milhões de uma gente muito estranha parecia zumbis como aqueles que vemos em filmes.
Todos tinham algum tipo de ferida pelo corpo, outros a pele estava solta e arrastava pelo chão, dava para ver em seus corpos enormes feridas causadas por vermes que devoravam os seus corpos, e ouviam-se gritos e lamentos dia e noite sem cessar.
Então apareceu o grande líder e causador de todos os males que existiu na face da terra e disse: vocês estão condenados, tiveram a mesma chance que eu tive para se arrependerem, mas me escolheram todos sofrerão jutos comigo e meus anjos.
Então uma grande tribulação aconteceu na vida de todos aqueles que conheciam a Deus, mas não o serviam como Senhor, por isso não foram resgatados pelo príncipe. E aqueles que ficaram para grande tribulação nada podiam comprar ou vender-se não tivesse uma identificação satânica, era um código que somente quem era guiado pelo Espírito Santo podia decifrar.
Os cristãos sofriam, mas não tinham o consolador que é o Espírito Santo, não sentiam amor pelo próximo porque o Espírito Deus havia se retirado da terra.
O tempo da graça terminou, somente serão salvos aqueles que suportarem até o fim todo sofrimento que o mundo lançara sobre os que desejarem servira a Jesus.

Editado e postado por José Simião.
30/05/2014