sexta-feira, 30 de maio de 2014

AFRICA TERRA DE HERÓIS DE CRISTO.


Oremos pelos cristãos da áfrica e de todos os países onde o islamismo tem transformado em campo de morte para aqueles que querem servir a Deus.
Estes países que seus governos obrigam a nação a crer em uma seita que incentiva a criminalidade principalmente contra os cristãos, uma crença que tira a vida de seus semelhantes, não dando importância a escolha religiosa de sua nação.
Todos os dias cristãos são mortos e torturados, por não apoiarem uma crença que divulga o ódio, o terrorismo.
Eu não creio que Alá divulgue a criminalidade, o ódio, a sede de vingança, a tortura, mas acredito que todos os crimes que seus seguidores cometem e do próprio ódio que alimentam em seus corações, o desejo do poder.
Muitas regiões da África proibiram falar do evangelho de Jesus, mas estes países vivem sempre em guerra com sigo mesmo. Eles matam e torturam cristãos, e em seguida recebem o troco que vem de Deus.
Uma coisa que essas seitas não aprenderam, é que nem o verdadeiro Deus, e nem outros deuses aceitam ser cultuado forçadamente.
Se alguém quer servir a qualquer outro ser superior deve ser de livre e espontânea vontade.
Quando adoramos a Deus forçadamente é uma adoração falsa, e o que é falso não agrada a Deus nem Alá, nem ali.
Para mim islamismo tem sido usado apenas como jogo político, usado por um grupo da esquerda, que querem ter poder sobre boa parte do mundo.
O que destrói e desmoralizam uma seita são os seus seguidores que tomam o caminho da rebeldia.
Assim também tem acontecido no meio dos evangélicos, uma minoria que desmoraliza aos que levam a serio o nome de Jesus.
Toda crença religiosa deve trazer paz e não contendas para uma nação.
Quer testar a sua fé, vá pregar o evangelho nos países onde o islamismo domina.


 Postado por José simião