quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

CHAMAS QUE MUDARAM A MINHA VIDA


No dia 27 de outubro de 2013 eu e minha esposa e neta fomos passar o fim de semana na casa da minha filha em Araçatuba, cidade vizinha de Bilac. Naquele final de semana fizemos um bom almoço, e conversamos muito, como estava bom o dia resolvemos deixar para retornar a Bilac na segunda de manha.
Na segunda de manha saímos em direção a cidade de Bilac; ao chegarmos lá deixei a minha esposa em casa e fui até o super mercado  para receber um dinheiro referente a serviços que eu havia prestado, eram dois valores; um da loja de Bilac, e outro da loja de Araçatuba.
A moça do financeiro sempre me pagou em Bilac os valores referentes as duas lojas, mas neste dia ela se recusou a pagar das duas lojas então tive que voltar em Araçatuba para receber o restante do dinheiro.
Então retornei em casa e convidei a minha esposa para irmos novamente a Araçatuba, mas a minha neta queria ir também; eu disse a ela que somente eu e a minha esposa iríamos porque seria coisa rápida.
A minha neta ficou alterada, mas mesmo assim eu a convenci ficar, mesmo assim fiquei com um mau pressentimento que algo de ruim iria acontecer.
Ao chegarmos a Araçatuba após receber do mercado resolvi novamente almoçar na casa da minha filha e descansar um pouco.
Logo que acordei retornamos a Bilac eram umas 4 horas da tarde daquela segunda feira.

A SURPRESA
Quando estávamos descendo a Rua Dom Pedro II Avistei uma grande multidão em minha rua, carros caminhão de bombeiro, caminhão pipa da prefeitura, então eu disse a minha esposa: acho que houve um incêndio em alguma casa, mas ao me aproximar da multidão vi que era a minha casa que havia incendiado.
A minha esposa ao ver aquela cena entrou em desespero e foi levada de ambulância para o hospital, ao chegarmos lá fomos atendidos, mas logo voltamos para o meio do povo que assistia aquela cena de horror.

E AGORA O QUE VOU FAZER DA VIDA
Quando a policia me autorizou a entrar no meio dos escombros para ver o que restou, foi muito triste ver tudo queimado, mas o que mais me deixou triste foi as minhas duas cadelas que morreram porque inalaram muita fumaça.
Uma das cadelas estava agonizando na calçada teve que ser sacrificada, a outra perdeu todos os movimentos das patas e da boca morreu dois dias depois, eu as amava muito, choro a perda delas até hoje.
Agora sem moveis e sem casa; o que fazer da vida.
Naquela noite eu dormi dentro do carro porque a casa estava sem portas e havia documentos e um pouco de dinheiro

OS VERDADEIROS AMIGOS.
Um grande amigo começou a nos ajudar postando no face o que havia acontecido com a nossa casa, foram tantas pessoas que nos ajudaram uns Minas Gerais outros da Capital SP  em duas semanas nos já havíamos conseguido todos os moveis que perdemos, mas agora tínhamos os moveis mas  não tínhamos casa, mas Deus e seus anjos estavam nos acompanhado e confortando os nossos corações.
Dentro de poucos dias conseguimos uma casa na cidade de Araçatuba, e a benção foi tão grande que a casa que conseguimos é próximo do centro e é uma casa grande, garagens para três carros. Estamos perto de todos os tipos de comércio, inclusive bancos Santa casa.

TRABALHO
Bem tínhamos os moveis e a casa, mas como recomeçar sem trabalho certo, apesar de termos ganhado muito alimentos até valores em dinheiro, mas isso um dia acaba.
Haa!!! o anjo do Senhor nos preparou uma grande surpresa; o esposo da minha filha me convidou para trabalhar em sua empresa, e isso me deixou muito feliz.

O ANJO DO SENHOR HABITA EM MINHA CASA
Sinto muitas saudades de meus amigos de Bilac, mas é tão perto que posso ir quando quiser.
Deus tem um plano para cada um de nós, simplesmente não sabemos qual é este plano, há momento que Deus permite que aconteça algo em nossa vida para que despertemos e comecemos a enxergar alem do horizonte.
Ás vezes estamos afundados no lamaçal sem forças para sair, então Deus lança serpentes para nos assustar então criamos forças e saímos do lamaçal.
Um grande susto pode mudar a direção da nossa vida.

A LIÇÃO
Eu aprendi que para fazer o bem não é preciso ser ligado a nenhuma crença, isso é um dom que Deus deu a todos; basta o deixar despertar.
Enxergar o sofrimento de nosso semelhante é questão de educação que os pais nos ensinam desde quando somos pequenos.
Podemos ser rico ou até mesmo orgulhoso, mas quando temos o dom de ajudar o próximo na hora da ação esquecemos o orgulho a classe social e arregaçamos as magas e agimos como estivéssemos vivendo o sofrimento do outro.

DEUS É MARAVILHOSO.
Você que crê em Deus nunca vai ficar desamparado, tenha certeza disso porque Ele é justo com aqueles que o temem.


AGRADECIMENTOS
Ao Deus Pai, ao João Buzzo De Bilac, ao Amigo Carlos, ao Rotary, a Maçonaria de Bilac, Aos proprietários da Super mercados Amália de Bilac e seus funcionários, A Primeira Igreja Batista de Bilac, Aos espíritas e aos Católicos aos parentes e amigos de Minas e São Paulo, e aqueles que doaram anonimamente. Que Deus abençoe a todos.

27/02/2014