quinta-feira, 6 de junho de 2013

NEW YORK; É O MEU SONHO

                                                      
Eu sempre sonhei acordado em conhecer New York, mas desta vez eu não estava acordado, no meu sonho eu caminhava pelas ruas desta cidade que sempre sonhei em conhecêr, mas quando eu caminhava por aquelas ruas com suas vitrines iluminadas me apareceu um homem e disse: o que faz aqui? Então eu lhe respondi: estou aproveitando a liberdade que me deram, ele me disse: deixa de ser tonto você já é livre, mas só falta libertar, eu fiquei bravo com esse homem porque ninguém pode ser livre e ao mesmo tempo estar preso.
Então eu acordei e comecei a pensar o que esta me prendendo, o que eu preciso eliminar da minha vida; abri a palavra e comecei a ler o Livro de Galatas 5 : 1 – 26 após ler este capitulo eu pude perceber que preciso me libertar do orgulho, das queixas, das criticas.
Todo brasileiro que vai para New York volta todo orgulhoso, cheio de historia para contar parece que nos deixa famoso por certo tempo, e todos dizem: olha ele conhece os Estados Unidos; podemos dizer que em algumas cidades ou bairro passamos a ser uma celebridade, e esse era o meu mal, querer alimentar o orgulho.
Eu tenho montanhas de pecados, mas já mais entrarei ilegalmente em país algum, como muitos crentes fazem.
Se Jesus nos libertou então devemos aproveitar essa liberdade e fazer somente as coisas que agradam a Deus. Nunca alimentar em nossos corações o desejo e de fazer o mal.
Sabemos que a Lei é resumida em fazer o bem a outros, porque foi assim que Jesus nos ensinou. Se dissermos que amamos uns aos outros e vivemos criticando nossos irmãos estamos destruindo a nós mesmos. Agir segundo os desejos dos nossos corações só nos leva a contendas, e guerras entre a família de Cristo, nunca devemos nos esquecer que fazemos parte do corpo de Cristo, e se um membro esta doente todo o corpo sofre.
Como cristão devemos obedecer somente às instruções do Espírito Santo, porque é Ele quem nos consola que nos da à alegria, e nos adverte nas horas do perigo, Ele nos dirá também o que devemos fazer e aonde ir. Fazendo assim estaremos fazendo a vontade de Deus.
Nós temos a tendência de fazer as coisas erradas, sempre queremos fazer as coisas ruins, e agindo desta maneira estamos fazendo o oposto que o Espírito Santo nos manda fazer; e as coisas boas que desejamos fazer quando o Espírito nos domina, é justamente o oposto dos nossos desejos naturais. Estas duas forças dentro de nós estão em constante luta, uma contra a outra, a fim de ganhar o domínio sobre nós, e os nossos desejos nunca estão livres de suas pressões.
Quando permitimos ser guiados pelo erro, a nossa vida produzira os seguintes resultados, pensamentos impuros; ansiedade pelo prazer carnal; idolatria, feitiçaria, isto é, (incentivo para atividade dos demônios), ódio e luta; ciúme e ira; egoísmo ou, (desejo de possuir tudo; para si mesmo), junto vem às criticas e queixas; Passamos a ver somente erro na vida de nossos irmãos, somente nós consideramos certos.
Mas quando o Espírito Santo controla a nossa vida, Ele produzirá em nós esta espécie de fruto: amor, alegria, paz, paciência, bondade, retidão, fidelidade, mansidão e domínio próprio.
Se vivermos pelo poder do Espírito Santo, sigamos a liderança Dele em todos os aspectos.
Seguir a liderança do Espírito Santo é caminhar segundo a vontade de Cristo, é pregar o evangelho de uma forma verdadeira e com amor, é sentir no coração o desejo que todos devem conhecer a Jesus.
O crente que é guiado pelo Espírito Santo, é identificado facilmente, ele sempre quer falar de Jesus para outros, quer louvar, não se contenta em ser apenas mais um no banco do templo, porque ele sabe que foi escolhido para ser um ganhador de almas.
O verdadeiro crente não participa de rodinha de fofoqueiros, nem grupinhos que são formados para causar escândalos, não esta preocupado em falar línguas estranhas, ou profetizar, mas o seu objetivo principal é unicamente ganhar almas através do bom testemunho; provar ao demais que é um imitador de Cristo.
O crente Cheio do Espírito Santo é semelhante a uma panela cheia de uma boa comida os que estão com fome olham para o seu interior e logo vem o desejo de comer, começamos a imaginar o sabor daquela comida e em seguida nos fartamos, mas o crente que não permite ser guiado pelo Espírito Santo é como uma panela vazia os famintos olham para ela com desprezo, porque essa panela não tem nada para oferecer, é indesejável par os que estão com fome. Uma grande porcentagem dos crentes está carentes do Espírito Santo vivem ligados somente nas coisas materiais, suas orações raramente são direcionadas a bênçãos para o crescimento espiritual, até mesmos os lideres nos ensina a ser materialistas, nos apresenta um Jesus que não salva, mas um Jesus que nos promete vida boa, e isto é o oposto das doutrinas Dele.
Dizia o pastor Enéas Togninne: enchei – vos do Espírito.

Editado por José Simião.
06/06/2013