segunda-feira, 16 de abril de 2012

TEMPLOS DAS CORRUPÇÕES.




Devemos pensar muito quando alguém nos convida para ir a sua igreja, podemos estar sendo convidado para entrar em um covil de ladrões.
Estes líderes das igrejas néopentecostais que não pregam o evangelho da salvação, mas da solução dos problemas materiais descobriram que a palavra de Deus é u ma fonte inesgotável de ganhar dinheiro.
A população encontra-se enferma espiritualmente e estes miseráveis pregadores do engano acabam divulgando Jesus como um ladrão, Jesus o Cristo que vende Seus milagres, um Jesus carente de dinheiro. Colocaram o nome Jesus em quadrilha de ladrões.
Eles são tão larápios que usam as promessas do velho testamento para explorar analfabetos da palavra de Deus.
Eles ignoram os ensinamentos de Jesus utilizando-se da Lei que não tem valor para nós que aceitamos o Cristo da cruz.
Qualquer crente bem instruído sabe que as promessas de prosperidade do velho testamento era somente para o povo de Deus, o Deus de Israel o povo que era obrigado a cumprir a Lei, não somos cumpridores da Lei, as promessas do velho testamento nem todas nos pertencem. Vivemos das promessas de Jesus.
Para ser-mos abençoado pelas promessas do velho testamento seria preciso cumprir as Leis de Jeová por completo. Jeová exigia que o povo cumprisse Sua Lei para em troca serem abençoados, mas com a morte de Jesus na cruz toda a Lei foram cumpridas não somos “mas” escravos de ofertas de animais, ou mesmo de dinheiro porque não temos animais para oferecer. Jesus sara as tuas feridas sem precisar pagar nada.
Não existe nenhum ensinamento de Jesus que Ele exija que devamos cobrar para ensinar o evangelho.
O que estes ladrões fazem; “pegam as promessas que Deus fez aos Seus servos fieis, homens que Deus usou para construir uma nação, homens que viveram dentro de uma Lei severa e aplicam encima de pessoas que nem conhecem o básico da palavra de Deus”. Benção sobre o dizimar só tinha valor para os que cumpriam a Lei por completo dizimar era Lei valida somente para o povo Judeu. Jeová exigia valores de ofertas para cada tipo de pecado, poderia ser tantos gramas de prata, ouro, um carneiro, um cabrito, Leviticos 27 :1-34 ou até para os que eram pobres um a pomba rola  servia como oferta.
A oferta não exige valores estipulado por isso chama oferta, Jesus nunca cobrou dizimo porque Ele nos libertou da Lei, somente estes vendedores de promessas ensinam que é dando que se recebe, mas não é dinheiro, é dando o alimento espiritual que recebemos as bênçãos de Deus, e dando a mão ao próximo que recebemos as gratificações celestiais, é ajudando os órfãos e viúvas que Deus nos estende as mãos, é divulgando o evangelho gratuitamente que seremos recompensados. Jesus disse em Mateus 10 :8 Cure os doentes,ressuscitem os mortos, curem os leprosos e expulsem os demônios. Dêem tudo gratuitamente como vocês receberam.
Eles só pregam as promessas desta Lei com planos de ganhar dinheiro, porque esta Lei além de falha, era cheia de preconceitos Leviticos 21 :16 “Disse ainda o Senhor  a Moisés: “Diga a Arão que qualquer descendente dele - por todas as gerações- que tiver algum defeito físico, não poderá oferecer sacrifício a Mim.  Por exemplo, quem for cego, ou aleijado, ou tiver o rosto deformado, ou tiver o corpo fora de proporção, (ou gordo). Ou alguém que tenha o pé quebrado ou mão quebrada. Ou que seja corcunda, Ou anão. Ou que tenha os olhos doentes. Ou que sofra de sarna ou micose. Ou que tenha os testículos defeituosos. Jesus não olhou os nossos defeitos físicos para que pudéssemos servi-lo, homens perfeito fisicamente, mas simplesmente quer que o reconheça com Senhor, além de não olhar os nossos defeitos Ele ainda nos cura.
Observem o único proveito que eles tiram das Leis são as promessas que Deus fez ao Seu povo do passado. O Edir Macedo disse: que não tem lógica, pai rico com filho pobre, eis um engano meu caro adquira suas riquezas com o suor do teu trabalho não usando o nome de Jesus, se apresentando como homem de Deus, “sendo que não é, nem você, nem os demais apóstolos e pastores da prosperidade em destaque na mídia”.
Tolo são os que crêem em suas doutrinas acompanhadas de falcatruas.

AS BÊNÇÃOS PARA AS IGREJAS DE HOJE.

 O povo de Deus, hoje, é a Igreja, a quem Pedro se referia como: "a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz" (I Pedro. 2.9). As bênçãos que cabem à Igreja de hoje, são diferentes daquelas que Deus fez para Israel. A Igreja do Senhor desfruta, neste tempo, de bênçãos eternas, superiores as promessas dadas a Israel (Hebreus. 8.13; 10.34). As bênçãos de Deus para a Igreja são plenas, espirituais, transcendem as de Israel, cujo foco estava na prosperidade material (II Corintios. 3.1-11). As bênçãos do Novo Pacto incluem: a justificação (Galatas. 2.16,21), o Espírito Santo (Galatas. 3.2); a herança espiritual de ser filho de Deus (Romanos. 8.14), a vida eterna (Romanos. 8.2; Galatas. 3.21) e a liberdade plena (Galatas. 4.8-10; 5.1). As bênçãos para a Igreja repousam na tensão entre o já e o ainda não (I João.3.1,2). Por isso, sabemos que a nossa riqueza não está no mundo (Mateus. 6.21), mas no céu, donde esperamos Jesus Cristo o Senhor (Fp.3.2). Por isso, precisamos permanecer Nele (João. 15.7), e, ao orar - não determinando o que Deus deva fazer – devemos pedir como servos humildes, tendo o cuidado para não pedir mal, para esbanjar em prazeres carnais (Tiago. 4.3), levando em consideração a vontade soberana de Deus (I João. 5.14). Deus faz aquilo que é de Sua vontade, Talvez você tenha orado tanto acreditando em falsas promessas está desanimado, de uma coisa eu tenho certeza a culpa não é de Deus.
Quando alguém profetizar uma promessa para você baseando-se no velho testamento procure um teólogo de uma igreja que pregue primeiro a salvação, peça explicações então você vai entender que a benção de Jesus é gratuita para todos.

Editado José Simião
15/04/2012