domingo, 1 de abril de 2012

ESCRAVOS DO FRACASSO.



Todos nós temos amigos, e colegas e no meio deles sempre tem alguém que só sabe reclamar da vida, são pessoas que só servem para semear desanimo e derrotas.
Certa vez eu o encontrei um dos meus amigos e perguntei-lhe: como vai o senhor ele me respondeu: mais ou menos, eu pensei comigo mesmo antes de responder-lhe ele tem mais de 60 anos dirige, cuida da lanchonete, faz trocos e faz cobranças, do que ele reclama, então olhei para ele e disse: o senhor está ótimo, ruim é quando temos que amputar um membro do nosso corpo, ou ficamos sabendo que estamos com um câncer, ou quando o medico nos diz que temos poucos dias de vida; então ele olhou para mim com os olhos bem abertos e me disse: assim também não, então lhe respondi novamente esta é a verdade se o senhor com esta idade têm o corpo perfeito pode fazer de tudo não há motivo para me dizer que esta mais ou menos, todas as vezes que eu o comprimento o senhor sempre me diz que esta mais ou menos; então ele se calou.
Quando alguém me pergunta como estou a minha resposta é: estou ótimo; sou cheio de doenças artrose na coluna e desvio de septo, gastrite e má digestão, meus joelhos doem com a mudança de clima, sou deficiente auditivo, mas estou ótimo sou eletricista e ainda subo a mais de cinqüenta metros de altura sem cinto, trabalho com a rede elétrica ligada vou reclamar do que? Quantas pessoas estão sentados em uma cadeira de rodas dependendo de outros para fazer suas necessidades fisiológicas, tem a vontade de praticar alguma atividade, mas não podem.
Existem milhares de crentes que apesar de conhecerem a Jesus só sabem lamentar da vida, trocam a paz de Cristo por problemas.
Murmurar foi um dos motivos que o povo Hebreu vagou no deserto por mais de 40 anos, murmurar é duvidar do poder de Deus, e reclamar é não aceitar as provações, o crente que só glorifica a Deus quando esta bem, é uma pessoa falsa.
Nenhuns dos verdadeiros apóstolos de Jesus tiveram uma vida cheia de maravilhas, e de conforto.
Não devemos deixar de ouvir os que não estão satisfeitos com a vida, mas devemos orientá-los dentro da palavra, dizendo: somente a verdade. Vejam o que nos diz colossenses 2 : 8-10 Não permitam que outros lhes estrague a fé e a alegria com suas filosofias suas soluções erradas e superficiais baseadas em idéia e pensamentos humanos, em lugar daquilo que Cristo disse.
Porque em Cristo existe tudo de Deus em um corpo humano: por tanto, quando vocês têm Cristo, Têm tudo e você tem a plenitude de Deus por meio da sua união com Cristo. Ele é o mais alto soberano, com autoridade sobre qualquer outro poder.
Não alimente o desanimo a derrota, olhe para você diante do espelho veja você é perfeito grite para você mesmo; eu sou vitorioso em Cristo Jesus.
Temos amigos até para nos deixar enfermo, sabe aquele amigo que você diz que esta com uma dor de cabeça, então ele olha para você mesmo sem ser medico já da o diagnóstico e ate medica, então você começa alimentar as palavras desta pessoa e fica enfermo.
O nosso cérebro acredita no que pensamos e falamos se dissermos que não podemos, não vou conseguir, esta informação vai para o cérebro então não podemos não iremos.
Se você colocar um barril de 50 kg no ombro e disser para se mesmo eu não vou conseguir levar este barril, realmente você não vai.
Muitas pessoas não prosperam na vida tanto material como espiritual porque alimentam o cérebro com a derrota, o fracasso, o não posso.
È preciso começar, é preciso se esforçar, é assim que os atletas conquistam suas vitórias, é preciso confiar em Deus, mas também é preciso acreditar no seu potencial.
Lembram-se das palavras do apóstolo Valdomiro Santiago, quando ele disse que precisava de sete mil doadores de mil reais, ele confia tanto no seu potencial que ele afirma com estas palavras “e eu vou conseguir” apesar de ser um plano desonesto, ele pensa positivo. Podemos acreditar em Deus, mas se não acreditarmos em nós nada acontece, Êxodo 14 : 15 Moises e o povo de Israel estavam cercados, atrás os Egípcios e na frente o mar ele pergunta ao Senhor: e agora o que faço e o Senhor  responde: DIGA AO POVO QUE MARCHEM, uma parte pertence a Deus a outra depende de nós, obedecer era a parte que pertencia a Moises e o povo, Moises precisava fender as águas do mar e manter a sua vara erguida para que o povo pudesse atravessar o mar.
È preciso ter fé para acreditar nas obras de Deus, o desânimo, o fracasso, e a duvida não fazem parte da obra de Deus.
Outro episodio foi quando naamã o general leproso foi ao encontro do profeta Eliseu para ser curado de sua lepra então Eliseu o profeta de Deus disse aos mensageiros de Naamã: diga a ele que mergulhe sete vezes no rio Jordão, a parte que pertencia a Deus era que ele fosse até o Jordão e mergulhasse, a parte de Naamã era crer e obedecer, mergulhar sete vezes no Jordão.
Á queda das muralhas de Jericó Josué 6 : 13-16
As muralhas de Jerico também foram ao chão, sabemos que sons de trombetas não derrubam muralhas, mas o segredo da queda da muralha estava em crê e obedecer a Deus. Quando Deus ordenou a Josué e os demais lideres que rodeassem a cidade sete vezes e na sétima vez eles deveriam tocar as trombetas com o som bem alto, se os lideres não acreditassem no poder de Deus, na vitória, na queda dos muros nada teria acontecido. Precisamos acreditar nas orações que fazemos, no poder de Deus, Deus não pode agir se o nosso pensamento for negativo.
Lucas 18 : 35-43 imaginem quando Jesus perguntou ao cego de Jericó: o que queres que eu te faça, então se o cego dissesse a Jesus: se o Senhor pudesse me curar, ele não receberia a cura, mas ele tinha convicção que Jesus poderia cura-lo, então ele responde para Jesus quero ver, eu creio que és o médico dos médicos e sei que hoje eu enxergarei.
Oração sem fé é oração morta.
O que pertence a Deus poucos podem entender, somente quem anda no Espírito poderá entender as maravilhas de Deus.
Fique na paz de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Editado por José Simião