domingo, 15 de janeiro de 2012

ALGUNS DIZEM QUE DEUS É INJUSTO, SERÁ?



Eu tenho dois filhos que já não são mais criança estão a caminho dos trinta anos, quando eles eram crianças mostrei a eles dois caminhos e suas recompensas, até os  quatorze anos tive poder sobre eles mas chegou um ponto que eu não posso mais controlar a vida deles, quem escolhe o caminho a seguir são eles.
Hoje eles são livres para escolher o destino de suas vidas, pode ser cidadãos respeitados pela sociedade, ou ser uma pessoa rejeitada.
Mesmo sendo eles adultos eu como pai ainda dou conselhos e ajudo naquilo que posso, ainda que eles cometam algo gravíssimo a ponto de serem condenados pela justiça do meu país, se eles me pedirem perdão os perdoarei e vou defendê-los, porque são meus filhos, mas não deixarei de dar o castigo para educá-los novamente.
O infrator que não recebe o castigo devido cometerá o erro novamente, e esta sujeito a voltar para a prisão ou ser assassinado pelos inimigos, muitos pensam que educar um filho é aceitar os erros que ele comete passando as mãos em sua cabeça.
Hoje temos varias formas de educar nossos filhos existe tal de Super nani que ensina como educar o filho de mães que não estão aptas para ter filhos.
Quando eu era criança a minha Super nani era uma correia de couro amarrado em um cabo de madeira, ou o fio do ferro de passar roupa, como doía aquele chicote nas minhas pernas, mas isso me ensinou uma coisa muito importante eu aprendi que quando somos castigados passamos a ter respeito pelas pessoas e ver o mundo de outra forma, uma chinelada não faz mal a ninguém. Eu eduquei os meus filhos, mas não com tanta violência, mas a super nani havaianas sempre que precisava entrava em ação.
Mas a justiça de hoje é contra este tipo de educação eles preferem que o seu filho no futuro esteja sob os cuidados deles, de uma forma ou de outra alguém educa os nossos filhos, ou nós ou a justiça, quem não aceita ser educado acaba morrendo essa é a lei do homem.
Imaginem se não houvesse castigo para quem cometesse infração como seria o mundo, se com todas as leis que existe o mundo caminha para auto destruição, existem leis para tudo, mas nem todas são cumpridas.
Se o homem que é pecador pune o seu semelhante quanto mais Deus que é justo e Santo.
A justiça do homem é para ver se o infrator muda a sua maneira de pesar e agir e possa ter longos dias de vida.
Quem ama o filho que tem; corrige e da o castigo que merece na hora certa.
Esta é a razão pela qual Deus não aceita que Seus filhos permaneçam no erro Ele nos castiga porque nos ama e quer que façamos parte do Reino dos céus.
A bíblia nos adverte a todo o momento para que não vivamos em pecado, porque Deus é Santo e Ele exige que sejamos santo também.
Assim como um pai de família não quer que seus filhos ande com pessoas errantes da mesma forma é o Senhor Deus. II Corintios 6 : 14
Não entre debaixo do mesmo jugo daqueles que não amam ao Senhor, pois que tem o povo de Deus em comum com o povo do pecado? Como pode a luz conviver com as trevas Vers 15 E que harmonia pode haver entre Cristo e o diabo? Como pode um Cristão ser companheiro de alguém que não crê? Vers 16 E que união pode existir entre o templo de Deus e os ídolos? Pois vocês são o templo de Deus, a casa do Deus vivo, e Deus disse a respeito de vocês: “Eu morarei neles e andarei entre eles; serei  seu Deus e eles serão meu povo”. Vers 17 É por isso que o Senhor disse: “Larguem deles; separem-se deles; não toquem nas suas coisas imundas e Eu receberei vocês Eu serei um Pai para vocês, e vocês serão meus filhos e minhas filhas”.
Observe o quanto Deus pai esta preocupado conosco, Ele não quer que andemos com pessoas que não querem compromisso com Ele, porque esta pessoas vão nos convidar para caminha em direção ao pecado.
Todo pai que é justo quer que seus filhos caminhem por caminhos que os levem a ser respeitado pela sociedade, e que não seja um símbolo de vergonha para a família.
Assim Deus também quer que seus filhos o representem como Senhor que vivam no meio de pessoas justas, que fujam dos idolatras, mentirosos, os imorais, e todo tipo de depravação.
Uma coisa eu quero deixar bem claro Deus não castiga os seus filhos como muitos pensam, derrubando a casa matando a família, mandando raios e outros,
Quando deixamos de obedecer ao senhor o castigo que recebemos é que Ele deixa de nos abençoar, Deus não é de destruir a vida de ninguém nos dias de hoje simplesmente deixa de ser um bom papai até aprendermos que Ele é o Senhor. Ele não responde as nossas orações até que nós chegamos a Ele e nos humilhamos pedindo perdão.
Todo bom pai corta as mordomias do filho desobediente este é o castigo.
Nunca pense que Deus é injusto conosco, mas procure com todo cuidado onde esta o erro na sua vida.
A maior alegria de um pai é saber que seu filho honra o seu nome, Deus também é assim Lucas 3 : 22 O Espírito Santo desceu sobre Ele na forma de uma pomba, e uma voz do céu disse: Você é meu filho amado; sim, o meu prazer.
Deus Pai tinha prazer em seu filho Jesus.
Talvez você que não conhece a palavra vai me dizer: Jesus era Deus por isso Ele era obediente, Jesus não era Deus e sim o filho de Deus ele estava sujeito a todos os tipos de tentações que os humanos sofrem.
Se Jesus fosse Deus Satanás não teria oferecido a Ele todos os seus impérios, o mundo.
Ele veio como um ser humano sentia dores, frio e fome, desejos e angustia, alegria, mas estava cheio do Espírito Santo.
Se Jesus estivesse nas condições de Deus não haveria motivo para Satanás oferecer a Ele todas as coisa do mundo, Satanás só ofereceu porque Ele estava sob condições de um homem mortal pecador, mas Ele não pecava porque o Espírito Santo habitava em seu coração. Lucas  4 : 1-4 E Jesus, cheio do Espírito Santo, voltou do Jordão e foi levado pelo Espírito ao deserto; E quarenta dias foi tentado pelo diabo, e naqueles dias não comeu coisa alguma; e, terminados eles, teve fome. E disse-lhe o diabo: Se tu ES o filho de Deus, dize a esta pedra que se transforme em pão.
E Jesus lhe respondeu, dizendo: escrito está que nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra de Deus.
Jesus o filho de Deus precisou vir como homem para dar exemplo e morrer pelos homens, Ele tinha poder para fugir da morte, para destruir os inimigos, mas Ele era obediente ao Pai, o Seu castigo foi dado por nós, e em oferta de amor ao mundo Deus aprovou todo o sofrimento de Seu filho na cruz.
Deus não é injusto com ninguém, Jesus só passou a ter todo o poder assim que cumpriu a sua missão.
Quando Jesus estava cumprindo a sua missão ele tinha poder, mas não podia usar sem a permissão do Pai, porque Ele tinha que dar exemplo para nós que tudo depende de Deus, mas após a sua ressurreição veja o que Ele diz: Mateus 28 : 18-20 Ele disse aos discípulos: “Todo o poder no céu e na terra foi entregue a Mim.
Portanto, vão e façam discípulos em todas as nações, batizando-os no nome do Pai, do Filho, e do Espírito Santo, e depois ensinem estes novos discípulos a obedecerem a todas as ordens que eu lhes dei; e tenham certeza disto que Eu estarei sempre com vocês, até o fim do mundo”.
Tudo que Deus quer é que seus filhos vivam sem precisar receber nenhum castigo, deixar de ser abençoados todos os dias.
Deus é justo e nunca vai derrubar a nossa casa ou destruir a nossa família com enfermidades ou coisas deste tipo, isso é papel do diabo, ou processo da própria natureza.

Editado por José simião
15/01/2012