segunda-feira, 11 de junho de 2012

OLHEIROS DO DIABO.


O BOM TESTEMUNHO NO TRABALHO.
I Timoteo 6 : 1 - 5
Ser crente em Jesus é uma grande responsabilidade, muitos crentes até hoje não aprenderam que para ser um representante de Jesus é preciso conhecer bem a palavra para não causar escândalos a igreja de Cristo.
O mundo vive em busca de falhas no meio do povo de Deus, eu diria que são os olheiros de Satanás.
Muitos crentes considerados veteranos passam o dia falando mal do patrão, alguns chegam a dizer que gostaria que a empresa a qual ele ganha o seu sustento viesse a falir, e estes irmãos esquecem destes olheiros que ficam de ouvidos atentos para depois espalhar para outros os erros que cometem, então quando você diz que é evangélico e faz um convite  para um dos seus colegas de trabalho você escuta essa resposta: fulano disse que é crente mas ele enrola no trabalho, fala mal do patrão o tempo todo então ficamos mudo sem saber o que falar.
Devemos respeitar o nosso patrão, se não gostamos da empresa que trabalhamos, devemos pedir para ser mandado embora ou pedir para sair, esse tipo de atitude não é agradável ao nosso Deus; crentes fofoqueiros que não gostam de cumprir ordens.
O que adianta eu dizer para outros: sou crente, não perco nenhum culto, mas sou preguiçoso, vivo em rodinhas criticando o patrão, não gosto de ser subordinado.
Se eu não posso cumprir ordens do meu chefe a quem posso ver, quanto mais de Deus que não vejo, sou um falso. O mundo vive em busca de falhas, escândalo do povo de Deus.
Jesus nos ensinou a ser humildes e não usar aquela frase que muitos crentes usam; sou crente, mas não sou besta.
A palavra nos diz: que os trabalhadores cristãos devem trabalhar arduamente, se trabalhar-mos desta forma ninguém poderá dizer que os seguidores de Jesus são maus trabalhadores, fazendo isso o nome de Deus e os seus ensinamentos não serão envergonhados.
Os ensinamentos encontrados na bíblia são tão divinos que não deixa nada para tráz, se o nosso patrão for um servo de Deus devemos trabalhar com garra, porque este  patrão é nosso irmão na fé.
A bíblia também nos diz que devemos ensinar esta doutrina da obediência a todos,  dando incentivo para que todos a obedeça.
Estes ensinamentos são sadios proveitosos do Senhor Jesus Cristo, e são alicerce de uma vida piedosa.
Todo aquele que disser algo que esteja fora deste ensinamento, tanto é orgulhoso com tolo.
Estará colocando sutileza no sentido das palavras de Cristo e provocando discussões que acabam em inveja e cólera, e que só conduzem a difamação. Às acusações às suspeitas malignas.
Estes que vivem discutindo, cujas mentes estão pervertidas pelo pecado, não sabem dizer a verdade: para eles o evangelho é simplesmente um meio de ganhar dinheiro Afaste-se deles.
Observem que a maioria das igrejas foge das doutrinas que o Espírito Santo ensinou aos verdadeiros apóstolos de Jesus, estas doutrinas são o nosso manual do dia, dia que nos adverte para que não venhamos a permanecer no pecado.
O exército só ganha a guerra quando tem bons princípios, assim também é o bom aluno.
Jesus nos ensinou bons princípios, se somos Seus imitadores “devemos fazer o mesmo, ou então somos falso cristãos”.
ENSINAR SOMENTE A VERDADE.
A diferença dos apóstolos do passado para os de hoje estava na preocupação em ter uma igreja santa, pura preparada para encontrar com Jesus, a igreja crescia e os milagres aconteciam. Jesus apenas nos ordena a pregar o evangelho e curar os enfermos marcos 16 :15-17 as benção, ou recompensa material é conseqüência da obediência a estes mandamentos em Mateus 6 ;31 :34 também nos diz que devemos primeiro  buscar o reino de Deus que as recompensas virão em seguida. Para quem conhece a palavra
Pedir algo para Deus sem estar em perfeita comunhão com Ele é pedido jogado fora, é pura ilusão; a não ser que seja oração de arrependimento então Ele ouvirá e estará  pronto para nos perdoar todos os nossos pecados.
Na Lei dos homens é preciso ser reconhecido como filho para que tenha direito a receber parte de uma herança, ninguém acreditará se alguém chegar e disser olha; eu sou o seu filho e vim receber a minha parte da herança, da mesma forma é a Lei de Deus precisamos ser reconhecido por Ele como Seu filho para que Ele possa nos ajudar.
Todos dizem ser filho de Deus, mas nem todo Ele os considera como filhos.
Eu aprendi depois de muitos anos que a oração tem que ser para honra e glória de Deus e não para satisfazer os meus desejos carnais, pedia e não recebia porque eu apenas queria satisfazer o meu ego.
Ouve uma época em que Satanás colocou em meu coração que sendo eu um servo de Deus não era justo ser tão pobre, ele me dizia que Deus precisava provar o Seu poder para mim, e se Ele fizesse de mim um homem bem sucedido financeiramente eu me tornaria um pregador da Sua palavra.
Então comecei a freqüentar aquelas igrejas que não pregam a salvação e lá eu ouvia tantas promessas de prosperidades e sonhava com aquilo durante a noite.
Eu cheguei a duvidar que Deus pudesse fazer algo para alguém, eram tantos problemas e cada vez mais Satanás colocava duvidas em minha cabeça. E para completar eu tinha uma terrível ulcera no duodeno, e a minha mulher com varias pedras na vesícula, o meu salário mal dava para comer, e eu dava dinheiro na igreja esperando em troca disso Deus me ajudar.
Então abandonei estas igrejas e comecei a buscar somente a verdade, parei de acreditar que Deus faz barganhas passeia a entender o versículo é dando que se recebe.
E dando amor que se recebe amor, é semeando a palavra que recebemos a paz do Espírito Santo, é repartindo o pão que Deus abençoa a sua dispensa, é buscando primeiro o Reino de Deus que seremos abençoados. É dando parte do seu tempo para Deus que Ele retribui com maravilhosas bênçãos.
Que Deus abençoe a todos.

Postado por José Simião.
10/06/2012