domingo, 27 de novembro de 2011

A MORTE NÃO MANDA RECADO.



Ela é traiçoeira, não manda recado por isso a palavra nos diz que o amanha não nos pertence você já parou para pensar quantas vezes já deparou com a morte e nem percebeu.
È bem maior a chance de morrermos do que acertar na loteria do governo, a morte está em todos os lugares, dentro dos bancos corremos o risco de sermos baleados durante um assalto, nas ruas com as balas perdidas, nos acidentes domésticos, no transito. Em fim a morte está sempre presente, nas enfermidades que surgem derrepente e nos leva para debaixo da terra. Quantas pessoas saíram de casa para viajar e não voltaram mais com vida, você pode ser servo de Jesus ou não, ela não escolhe religião.
O amanhá não nos pertence, a nossa vida é incerta neste mundo vivemos pela graça de Deus, e a misericórdia do Senhor Jesus.
Nada deste mundo pode nos garantir o dia do amanhá, você pode ter o melhor plano de saúde, ou melhor, médico que o dinheiro possa comprar, quando a morte chegar ela vai leva você doente ou com saúde.
A única garantia que temos é que Jesus nos da a vida eterna, ele não vai nos livrar da morte do nosso corpo, um dia ele morrerá, mas sim Jesus pode nos livrar da morte da nossa alma.
Todos nós estamos condenados a morte do corpo material não existe vida eterna para este corpo, e nem garantia de boa saúde para ninguém, pode ser cristão ou não todos nós estamos condenados a morrer, ou sujeitos a ficar enfermo. As enfermidades também não escolhem crenças religiosas.
O que interessa para Deus é a nossa alma porque se os cristãos fossem especiais não haveria crentes com enfermidades incuráveis.
O que precisamos entender é que somos instrumentos para divulgar o evangelho de Jesus, para Deus o que importa é o que você esta fazendo para o Seu Reino.
As enfermidades fazem partes da vida do ser humano.
A doença que mais tem matado é o pecado, ele tem levado milhares de almas para o inferno, são pessoas que vivem no pecado pessoas simples ou famosas e milhares delas morreram com saúde do corpo material, mas a alma estava doente e condenada.
O diabo também não si importa com qual seja a sua religião ou crença, ele quer a sua alma, a missão dele é ganhar mais almas que Jesus e ele vai conseguir, Mateus 22 : 14 porque muitos são chamados mas poucos serão escolhidos.
Quando Jesus disse estas palavras Ele sabia que os templos iriam ficar cheios de crentes que somente servem como figurantes que não fazem parte do seu reino são apenas pessoas para manter os templos cheios. Muitos foram chamados, mas não quiseram compromisso com Deus vivem dentro da casa do Senhor, mas não servem para nada não produzem frutos são árvores infrutíferas, são árvores bonitas, mas não servem para nada.
Ele também quis dizer que muitos ocupariam cargos de ministros da Sua palavra e até fariam milagres, mas são desconhecidos Dele. São pregadores do falso evangelho, homens amantes de si mesmo, Jesus sabia que eles iriam usar o seu nome para curar os enfermos e para fazer todos os tipos de milagres, para atraírem as suas presas que as levará para o inferno. A morte da alma está dentro dos templos que desprezam o verdadeiro evangelho de Jesus. Mateus 7 : 13  Largo é o caminho  da perdição e estreito é o caminho da salvação. Quando Jesus disse estas palavras Ele sabia que os enganadores iriam tomar posse da Sua casa, os pregadores da condenação da alma, porque eles não ensinam o caminho da verdade e sim da morte.
Podemos perceber que estamos em uma guerra da carne contra o Espírito, e os vencedores é a minoria. Estes pregadores usam a palavra para enganar o mundo são verdadeiros ilusionistas que utilizam o evangelho para serem beneficiados com altos salários, e a sua alma para eles não tem nenhum valor.
Cada templo que eles montam é semelhante á uma confina de gados que os animais ficam a espera da morte, eles pregam contra a prostituição, mas roubam, não bebem mas mentem, não fumam mas pregam a mentira, pregam a santidade mas são liberais, dizem serem chamados por Deus mas não obedecem aos Seus mandamentos. O templo deles  é o local preferido da morte da alma porque você está sendo enganado é a morte é lenta, eles já sabem que estão condenados mas estão dominados pelo mal e não conseguem se arrepender, a ganância os dominou são cegos da verdade mas enxergam bem a maldade o seus interesses.
Saiba de uma coisa Satanás pode curar enfermos, falar línguas estranhas, profetizar no meio de leigos da palavra, mas o verdadeiro servo de Deus não se deixa passar por idiota.
O objetivo do crente é somente pregar o evangelho da salvação, não importa se é pastor ou membro a bênçãos é a recompensa da obediência.
Deus quer ouvir você não fique mendigando bênçãos para outros, peça você mesmo se Deus não te ouvir não é através de outro que Ele vai abençoar você, se isso for verdade a bíblia está mentindo.
Se você é filho de Deus você tem todo o direito de falar com o seu Pai sem intermediário.
Editado por José Simião.
27/11/2011
 

Como devemos orar

Este artigo não é de minha autoria.

Sáb, 05 de Julho de 2008 13:17 Pr Lineas Domiciano ESTUDOS BÍBLICOS - 
E-mailImprimir
Os discípulos de Jesus certo dia pediram (Lc.11:1) para serem ensinados a orar, pois entenderam que a oração era uma necessidade de todos aqueles que querem seguir fielmente o Senhor. Assim como se aprende a andar, falar, tocar algum instrumento musical ou uma língua estrangeira, assim também devemos aprender a orar. Temos crentes que nunca passaram de uma vida infantil na oração, orando sempre a mesma coisa e gostam só de um tipo de oração ? a petição. Temos o Espírito Santo que vai nos ajudar a orar, pois o Senhor sabe da nossa dificuldade (Rm.8:26) e Jesus mesmo disse que Ele nós guiaria em toda a verdade (Jo. 16:13). Portanto a oração é uma arte, onde pessoas comuns tornam-se gigantes espirituais e alcançam favores divinos que de outra maneira seriam impossíveis. No Antigo Testamento o sacerdote oferecia o sacrifício pela manhã e ao entardecer e hoje nós somos os sacerdotes reais (I Pd.2:5) e oferecemos sacrifícios espirituais agradáveis a Deus. Todo crente é sacerdote porque pode oferecer o sacrifício contínuo da oração no altar do coração. Ao amanhecer e ao anoitecer devemos oferecer ao Senhor nossa oferta contínua de oração, embora para orarmos não tem hora do dia ou da noite, já que as portas do céu estão abertas para que possamos chegar até a Sala do Trono. O tempo que devemos passar em oração também deve ser programado. No começo deve ser um tempo adequado e que a oração flua normalmente . Conforme vamos nos adaptando , devemos aumentar nosso tempo ao pés de Jesus Cristo. De dez a quinze minutos é um bom inicio, depois podemos aumentar para trinta minutos até uma hora diária. Podemos com a experiência de oração, orar três vezes ao dia, sendo vinte minutos pela manhã, vinte minutos a tarde e vinte minutos a noite. Teremos uma oração sossegada, sem ansiedade e o relógio vai andar normalmente. O lugar da oração é você quem escolhe, pois cada um de nós tem manias que alteram nossa comunhão com nosso Senhor. Um cantinho na casa onde podemos nos ajoelhar, preparado com amor e carinho é o lugar ideal. Para nossa oração sair da rotina e da repetição, devemos usar tudo que pudermos para nos auxiliar. Comece sendo sincero e apresente a Jesus todo o seu coração não escondendo nada, pois o maior desejo de nosso Pai é que nos tornamos íntimos. Lealdade, sinceridade, faz parte da oração do crente! Tenha a sua própria oração, pois a oração de outras pessoas não é a sua realidade. Até podemos usar como modelo, assim como Jesus deixou o Pai Nosso, mas o estímulo de nosso coração é orar com espontaneidade e transmitir a nossa realidade. Como fonte de ajuda, temos em primeiro lugar a Bíblia Sagrada, pois é somente nela que nossas orações devem estar fundamentadas. Tudo que falarmos com o Pai deve estar baseado na Palavra. Aqui inicia a oração de fé! O livro de Salmos é uma fonte inesgotável de orações, onde você pode de joelhos, recitar aqueles Salmos que estiverem falando ao seu coração. Os hinos são outra fonte de auxílio para a oração sair da rotina. Como é bom cantarmos hinos ao Senhor, louvando, adorando e prestando nossa ação de graça todos os dias. Você vai usar todos esses auxílios nos diversos tipos de orações existentes que vamos identificar abaixo. 
DIFERENTES TIPOS DE ORAÇÕES 
1 - Oração de Ações de Graça > é dizer obrigado a Deus. É a oração de gratidão pelas bênçãos recebidas diariamente. É a expressão máxima de reconhecer que dependemos unicamente do Pai. Todos os dias devemos agradecer a Deus por tudo aquilo que Ele tem feito em nossa vida. 
2 - Oração de Louvor > é juntarmos todas as expressões possíveis de louvor a Deus e expressar em palavras, glorificando ao Seu Nome. É louvar a Deus pelo que Ele faz. 
3 - Oração de Adoração > é exaltarmos unicamente a Deus por tudo aquilo que Ele é.
4 - Oração de Arrependimento > é a oração de auto- análise do próprio coração diante de Deus. Não podemos esquecer que somos pecadores e necessitamos de perdão. Não podemos ser vagos nesse tipo de oração, mas confessar todos os nossos pecados cometidos durante o dia, com detalhes. O Espírito Santo vai ajudar a lembrar de todos os atos ruins e que iriam atrapalhar a comunhão com o Pai (Sl.51).
5 - Oração de Intercessão > é a oração em favor de outras pessoas, colocando-se no lugar delas e pleiteando a causa como se fosse sua. Pedimos que a vontade de Deus seja feita na vida de outros. É importante fazer uma lista das pessoas pela quais iremos orar para anotar a data da resposta (Lc.22:31-32)
6 - Oração de petições > é um pedido feito a Deus visando satisfazer as nossas necessidades pessoais, sempre baseada nas promessas divinas. É a oração preferida de toda criança na fé, mas também a preferida daqueles que não crescem na fé e no conhecimento de Deus. Quanto mais conhecemos a Palavra de Deus, mais vamos ter respostas de nossas orações (Mt. 7:7; Lc. 11:9, Jo. 16:24). 
7 - Oração de Consagração > é a oração feita quando não sabemos a vontade de Deus. Quando estamos esperando a resposta de nossa oração precisamos ter uma atitude de submissão à vontade de Deus. Vamos nos consagrar e esperar para conhecer e seguir a vontade divina (Rm.12:1).
8 - Oração de Entrega > é a oração feita quando alguma coisa chega em nossa porta que nos trás preocupação, inquietação. Você ora e transfere tudo ao Senhor. Entrega nas mãos do Pai e descansa no Senhor. (Sl. 37:5).
Pr Lineas Domiciano