quarta-feira, 9 de novembro de 2011

MAIS PERTO DE DEUS



De forma nenhuma quero duvidar da comunhão dos crentes ricos, mas podemos observar que os crentes que vivem sempre passando por tribulações buscam mais a Deus do que os que levam uma vida confortável. É óbvio que o sofrimento nos aproxima mais de Deus principalmente quando enxergamos o tamanho dos problemas que estamos enfrentando. Os apóstolos de Jesus não conheciam a palavra conforto, tranqüilidade, ou sombra e água fresca, mas eles conheciam bem a luta do dia a dia enfrentaram a fome e o frio e todo o tipo de humilhação e tudo isso os levavam a ter mais comunhão com Deus. Os problemas nos forçam a buscar auxilio do Senhor principalmente quando não encontramos nenhuma saída, a falta do dinheiro e a pobreza são os maiores veículos para conduzirem milhares de pessoas em busca de auxilio espiritual. 
Um detalhe muito interessante é que quando estamos passando por momentos de sofrimentos nos humilhamos perante o Senhor e glorificamos o Seu nome, e confessamos a Ele que dependemos de Sua misericórdia, e nos tornamos pequenos.
Normalmente os que possuem fortunas e não tem Deus como Senhor de sua vida, só procuram a Ele quando o dinheiro não pode comprar, principalmente quando se trata de altas dividas bens bloqueados pelo governo, ou enfermidades incuráveis pela medicina.
Os que amam a Deus até mesmo nos momentos difíceis se alegram e o glorificam. Hebreus 10:34 Vocês sofreram com aqueles que foram jogados na prisão,  e ficaram realmente alegres quando tudo que vocês possuíam foi-lhes tirado, sabendo que coisas melhores os estavam esperando no céu, coisas que seriam de vocês para sempre.
Haja o que houver, não deixem desfalecer esta confiança feliz no Senhor. Lembrem-se da recompensa que vocês têm! É mister que continuem a fazer com toda paciência  a vontade de Deus, se quiserem que Ele faça por vocês tudo quanto lhes prometeu.
A Sua vinda não será retardada muito mais.
E aqueles cujo fé os tornou bons aos olhos de Deus,  devem viver pela fé. Confiando Nele em tudo. Do contrario se eles recusarem, Deus não terá prazer neles.
A nossa vida espiritual é semelhante a vida de um garimpeiro quanto mais ele trabalha maior é  sua chance de encontrar mais ouro, o garimpo é grande e muitos são os  garimpeiros mas poucos sabem encontrar o ouro.
Permanecer ao lado do Senhor até o fim não é para qualquer um, é preciso ser firme porque grande é a batalha e nem todos os soldados estão preparados para a guerra.

SER AGRADAVEL AOS OLHOS DE DEUS.
Eu diria que é impossível ser considerado por Deus um servo perfeito aos Seus olhos, somos apenas pecadores que pecam até mesmo no pensar, tudo que fazemos sempre pensamos em receber algo em troca.
Um dos grandes erros dos cristãos é confiar de mais na misericórdia de Deus de forma errada, estamos acostumados a dizer que Deus entende as nossas fraquezas. Hebreus 10 :26-28 Se alguém pecar deliberadamente rejeitando o Salvador depois de ter conhecido a verdade do perdão, este pecado não é coberto pela morte de Cristo; não há meio de livras-se dele. Não restará mais nada para aguardar, a não ser um terrível castigo e a tremenda ira de Deus, que consumirá todos os seus inimigos.
Não se engane cometendo pecados e confiando que Deus irá aceita-lo desta forma.

VIVER PARA DEUS OU PARA O MUNDO.
Tiago 1:9-18
O cristão que não goza de muito prestigio neste mundo deve sentir-se alegre, pois ele é grande aos olhos do Senhor. Mas o homem rico deve sentir-se alegre porque suas riquezas não significam nada para o Senhor, pois ele logo passará, como uma flor que perdeu a beleza, murcha e seca, queimada pelo sol abrasador do verão. Assim é com os ricos.  Morrerão logo e deixarão para trás todos os seus afazeres trepidantes.
Feliz é o homem que não cede e não pratica o mal quando é tentado, porque depois receberá como recompensa a coroa da vida que Deus prometeu àqueles que o amam. E lembrem-se: quando alguém quer fazer o mal, nunca é Deus quem está tentando, pois Deus nunca tenta ninguém a praticá-lo.  Mas a tentação é a fascinação do próprio pensamento e desejos maus do homem.
Estes maus pensamentos levam às más ações e depois disso, ao castigo da morte aplicado por Deus. Portanto, não se deixem enganar, caros irmãos.
Mas tudo quanto é bom e perfeito nos vem de Deus, o criador de toda luz, e que resplandece para sempre sem mudança nem sombra.
Foi para Ele um dia feliz quando Ele nos deu a nossa vida nova, por meio da verdade da Sua palavra e nos tornamos, por assim dizer, os primeiros filhos da Sua nova família.
Podemos entender a grande importância em estar em comunhão com Deus diariamente, nunca devemos agir como alguém que está em busca de algo que deseja e assim que recebe, esquece aquele que o concedeu.

Editado por José Simião.
09/11/2011