sexta-feira, 7 de outubro de 2011

PARA DEUS NOS OUVIR NÃO PRECISAMOS PAGAR PENITENCIAS.



No passado na época das Leis o povo oferecia muitos sacrifícios para alcançar o perdão dos pecados. Nesta época os homens eram muito violentos porque não conheciam o amor de Cristo, então eles viviam pela violência. Eu acredito como no passado a igreja tinha muito poder sobre a humanidade, e como os tradutores da bíblia só podiam publicar aquilo que agradava aos lideres religiosos, eles apresentavam Jeová como um Deus violento, para que o povo fosse dominado pela igreja, e com isso eles teriam mais poder sobre o mundo.
É claro que Jeová queria e quer respeito, mas o homem para adquirir poder ele é capaz de deturpar qualquer coisa, e quando se trata de adquirir poder não podemos confiar em ninguém.
DEUS ESCOLHE A QUEM ABENÇOAR.
Vivemos pela misericórdia de Deus, quando queremos algo Dele passamos meses e até anos orando e não obtemos nenhuma resposta, será que Deus não está nos ouvindo? Ou Ele não esta interessado em resolver problemas.
Algo muito interessante “é” que Ele sabe tudo a nosso respeito, quem somos, e o que queremos mas nem todas as orações são consideradas por Deus importantes.
Deus não faz nada por ninguém que não seja para a gloria do Seu nome, Ele sabe que certas orações que fazemos pedindo algo vão trazer problemas espirituais para a nossa vida, é por isso que Ele não responde.
Mas quando pedimos algo para mudar a nossa vida espiritual então Ele ouve de imediato porque o seu Espírito irá manifestar em nossa vida e isso lhe da honra e gloria.
Mas Deus somente abençoa a quem Ele quer, podemos ser bonzinho, orar dia e noite sem cessar, jejuar, vender tudo que temos e dar aos pobres, e não obtermos nenhuma resposta das nossas orações. Romanos 9: 9-24 Deus havia prometido: “no próximo ano darei um filho a você e Sara”. Esta fora  as palavra que Deus disse a Abraão o Seu servo e AMIGO. Lembrando, Abraão era  muito especial para Deus Ver 10 ao 16 E anos mais tarde, quando este filho. Isaque, já era adulto e casado, e sua mulher Rebeca estava para ter gêmeos, Deus disse a ela que Esaú, o filho que nasceria primeiro, seria servo de Jacó, seu irmão gêmeo. Segundo palavras da própria escritura, “Escolhi para abençoar a Jacó, e não a Esaú”. E Deus disse isso antes mesmo que as crianças tivessem nascido, antes que tivesse feito qualquer coisa boa ou má. Isso prova que Deus estava cumprindo aquilo que decidira no começo: não foi por causa do que os filhos fizeram, mas por causa do que Deus desejava e escolhera.
Será que Deus estava sendo injusto? Claro que não. Deus já havia dito a Moisés: “Se Eu quiser ser benigno com alguém, sê-lo-ei. E terei misericórdia de qualquer um que Eu quiser”. Assim as benção de Deus não são dadas só porque alguém decide recebê-las. Ou trabalhar ou (servi-lo) arduamente para consegui-las.  São dadas porque Deus tem misericórdia daqueles que ele quer. Faraó rei do Egito, foi um exemplo desse fato. Deus lhe disse que havia dado a ele o reino do Egito com o propósito mesmo de manifestar o terrível poder divino contra ele: e assim o mundo tudo ouviria a respeito do glorioso nome de Deus. Assim, vocês percebem que Deus é benigno com alguns só porque deseja sê-lo,  e faz que outros se recusem a ouvi-Lo. Bem, então porque Deus os culpa por não ouvirem? Eles não fizeram o que Ele os levou a fazer? Não, não digam isso quem são vocês  para criticarem? A coisa feita diria àqueles que a fez: “Porque que é que você  me fez deste jeito?” Quando um homem faz um vaso de barro,  ele não tem o mesmo direito de usar o mesmo barro e transforma-lo num vaso bonito usado para flores, e outro para jogar-se lixo dentro? Deus não tem perfeitamente o direito de mostrar o seu furor e o seu poder contra aqueles que só servem para a destruição, aqueles  com quem Ele tem sido paciente todo este tempo.
Isso nos prova que somente somos abençoados se for da vontade do Senhor, e através destes versículos podemos entender que nem sempre fazer muito sacrifício, as suas orações serão respondidas. Quem quiser depender unicamente de Deus saiba que corre o risco de não obter respostas do Senhor. Nós podemos fazer tudo perfeito como o Senhor manda mas a única certeza que temos e Jesus nos garante é a Salvação.
Os crentes confundem quando Jesus disse aos seus Discípulos. João 14: 12-13-14-15 Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em Mim também fará as obras que Eu faço, e as farás maiores do que estas; porque Eu vou para o Pai. E tudo quanto pedir em meu nome eu o fará, para que o Pai seja glorificado no Filho. Se pedirdes alguma coisa em meu nome, Eu farei. Se me amardes, guardareis os meus mandamentos. Nestes quatros versículos Jesus esta se referindo unicamente a pedidos de benção que venha nos fazer crescer espiritualmente, e não a desejo de sua vida secular ou bens materiais.
Os ensinamentos de Jesus somente tinham o objetivo de nos tornar ricos em sabedoria sobre o Reino dos céus.
As bênçãos materiais dependem da misericórdia do Pai.
Resumindo somente seremos atendidos se estivermos dentro dos planos de Deus, tanto o homem bom como os ruins recebem os mesmos benefícios chove e faz sol para ambos, exceto as bênçãos espirituais, porque somente recebem aqueles que aceitam a Jesus como salvador.

Editado por José simião.
07/10/2011