quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Lifestyle - Papo franco com a pastora Lanna Holder, famosa por pregar a conversão de gay, que agora assumiu ser lésbica - MIX Brasil

Lifestyle - Papo franco com a pastora Lanna Holder, famosa por pregar a conversão de gay, que agora assumiu ser lésbica - MIX Brasil

OBEDECENDO AS LEIS



Tito 3: 1
Lembre ao seu povo o dever de obedecer ao governo e às autoridades, que estejam sempre submissos e prontos para qualquer trabalho honesto.
Todos nós somos obrigados a cumprir leis que vem das autoridades governamentais, e se nós não as cumprimos seremos punidos de alguma forma.
Em qualquer país que estivermos somos obrigados a cumprir leis, somente através das leis que podemos manter ordem no país.
As leis de hoje foram baseadas nas leis que Deus passou para o povo Hebreu, os descendentes de Abraão.
Através destas leis o povo era julgado pelos juízes indicado por Deus, e de acordo com o crime era dado “a” sentença, que muitas vezes levava o réu a morte. De apedrejamento, espada, forca, ou incendiavam o réu.
As leis de Jeová eram muito rígidas, aquele que não cumprissem as leis dele, ele ordenava que fossem condenados a morte, Ele só dava importância aos que seguiam os seus mandamentos Josué 7:19-26 Acã foi uma das vítimas da lei de Jeová, ele e sua família foram apedrejados e queimados  junto com seus animais, não havia o perdão e nem amor de Jesus que desfrutamos hoje nos dias de hoje, qualquer um que desobedecesse as leis estava condenado a morte. Aquele que viveu antes do dilúvio Jeová imputou os pecados e destruiu a todos: Homens mulheres e crianças, não dando nenhuma oportunidade de arrependimento Gênesis 6:7-13. Se um homem possuísse um animal e esse animal matasse alguém, tanto o animal com o dono deveria ser mortos Êxodo 21:29. O juiz, a condenação e morte eram instantâneos. Leviticos 20:27. Os adivinhos e encantadores eram apedrejados até a morte Quem oferecesse o seu filho como oferta para ser queimado no altar de moloque, conhecido como deus dos filhos de Amon, era apedrejado e morto instantaneamente Leviticos 20:2. Qualquer dos filhos de Israel que blasfemasse contra o nome Jeová era morto por apedrejamento Leviticos 24:16. O adultério também levava a morte de ambos Leviticos:20:10-13-17 Deut 22:23-24. Se Jeová liderasse as igrejas de hoje poucos seguidores sobraria, todos os idolatras ladrões, mentirosos seriam mortos a pedradas Deut 13:6-10. Os Israelitas eram proibidos de trabalhar no sábado, e quem desobedecesse seria morto a pedrada, um homem foi pego trabalhando no sábado, somente estava pegando lenha para fazer a sua refeição, este foi apedrejado e morto Números 15:32-36.Quando um filho era desobediente, o pai o entregava aos homens da cidade para que ele fosse apedrejado Deut21:18-21. O filho que amaldiçoasse o pai e a mãe era morto Levitico20:9. normalmente quando um da família pecava todos pagavam era apedrejados e mortos como aconteceu com Acã por ter cometido pecado, mataram ele e todos os seus familiares.Josué 7:19-25. Jeová nunca tolerou erros, nunca dava a chance de alguém se arrepender para que ele pudesse perdoar, A arca de Jeová quando estava sendo transportada, os filhos de abinadabe, Uzá e Aiô iam andando ao lado do carro com todo o cuidado e carinho, o carro tombou, e Uza, vendo que a arca ia cair, segurou com a mão, Jeová o matou na hora II Samuel6:1-7 Ele era vingativo e carregava a ira em seu coração Jeová matava sem piedade destruía reinos não se importava com crianças, aquilo que não era do seu agrado morria ou ele mandava o seus seguidores destruir pela honra de seu nome. Jeová só era bondoso e justo com os que faziam a sua vontade sem errar o mínimo.
Muitos reinos foram destruídos, pessoas tanto adultos como criança foram mortos sem piedade para que o nome Dele fosse glorificado. Para alguém falar que Jeová era maravilhoso tinha que ser quase perfeito, todos temiam ser castigados por Ele quando estava irado Ele colocava enfermidade naqueles que pecava, ele mesmo curava para mostrar o seu poder Salmo 38:1 Ó Senhor, não me castigues enquanto está irado! As tuas flechas se cravaram profundamente no meu corpo; todo o peso da tua mão caiu sobre mim. Para provar a Satanás que Jó era perfeito, Jeová o entregou nas mãos dele e Satanás destruiu todos os seus bens, e o encheu de enfermidade mesmo assim Jó permaneceu fiel a Ele Jó 2:1- 9.
Para Jeová não importava qual era o seu sofrimento, e sim mostrar o Seu poder. Ele permitiu que o seu povo sofresse por 400 anos no Egito, este era o tempo suficiente para que o pecado dos povos amorreus chegasse ao limite de sua paciência. Genesis15:13-16. Jeová que matava por qualquer erro, Ele nos deu uma chance para sermos reconhecidos como filhos, e nos enviou o seu filho Jesus.
Jesus era totalmente o oposto de Jeová, Ele pregava o amor, a tolerância, o perdão, tolerou todo o tipo de zombaria, as quais Jeová não tolerava, Jeová mandava apedrejar aquele que pecasse, Jesus pergunta aquele que não tem pecado que atire a primeira pedra João 8:7 pela lei de Jeová ela a prostituta seria apedrejada.
Creio que Jesus tenha dito ao Pai, vamos mudar estas leis porque deste Jeito o homem nunca vai alcançar o perdão. Talvez Deus tenha dito: “Eu tenho uma solução o meu servo Abraão estava disposto a oferecer o seu filho Isaque em sacrifício para provar o quanto me amava, Eu farei o mesmo, você quer ser o cordeiro? Aquele que vai tirar o pecado do mundo”, então Jesus sentindo amor pela humanidade, aceita a proposta do pai e através de sua morte ele nos liberta da escravidão da lei e do pecado. Gálatas 3:21-29. Pois bem as leis de Deus e as promessas, estão uma contra a outra? Naturalmente que Não! Se nós pudéssemos ser salvos por suas leis, então Deus não precisaria ter-nos dado um meio diferente de nos libertar das garras do pecado porque as escrituras sustentam que todos nós somos prisioneiros dele. A única saída é pela fé em Jesus Cristo; a porta de escape está aberta para todos os que crerem nele. Até a vinda de Jesus nos fomos guardados pela lei, mantidos debaixo de uma tutela protetora, por assim dizer, até que pudéssemos crer no Salvador que estava para vir.
Vamos ver isso de outra maneira. As leis judaicas eram nossas mestras e guia até que Cristo viesse para nos dar uma posição correta perante Deus por meio da nossa fé. Mas agora que Cristo já veio não precisamos mais daquelas leis para nos guardar e conduzir-nos a Ele. Porque agora todos nós somos filhos de Deus por meio da fé em Jesus Cristo, e os que fomos batizados em união com Cristo são envolvidos por Ele. Já não somos mais judeus, nem Gregos, nem escravos, ou mulher, porém somos todos iguais, somos cristãos; somos um em Cristo, somos os verdadeiros descendentes de Abraão, e todas as promessas que Deus fez a ele pertencem a nós. Deus agia duramente com o seu povo porque era um povo de duro coração, eles tinham o privilégio de ver a ação de Deus a todo o momento, mesmo assim escolhiam viver no pecado este é o motivo de Deus os castigar severamente, porque viam Deus agir e erravam.
Somente crendo e aceitando Jesus como o nosso Salvador podemos ser reconhecidos como filhos de Deus, esta é a oportunidade que Deus nos deu.

José simião
postagem 117                07/09/2011