sexta-feira, 12 de agosto de 2011

TUDO QUE É OCULTO, É DUVIDOSO.

VISITE ESTE SITE.http://www.simceros.org/

Quando ocultamos algo que praticamos, é porque temos vergonha que seja visto por outros, ou são atos inaceitáveis pela maioria da sociedade.
Quando praticamos algo agradável queremos que todos vejam, porque não temos nada para ocultar.

EM BUSCA DA MORTE.





Eu trabalho como eletricista a mais de trinta anos, sempre mexendo com muitos valores de tensões, mas em alguns locais existe uma placa de advertência dizendo a seguinte frase (CUIDADO, ALTA TENSÃO PERIGO DE MORTE). Isso quer dizer que se eu tocar ali com a chave geral ligada vou morrer, alguém me avisou colocando esta placa, mas eu sou livre para escolher o que devo fazer da minha vida.
Ou mesmo se eu pegar uma arma e apontar para a minha cabeça para cometer um suicídio Deus não vai me impedir porque Ele me deu a liberdade de escolha.
Mas se for um verdadeiro servo de Deus não cometerá este tipo de pecado porque sabe que é imperdoável.
Muitas pessoas praticam certos tipos de esportes que correm o risco de ter morte instantânea, eles sabem que se o equipamento falhar será e o fim.
À placa de avisos por todos os lugares onde a risco de morte, e devemos obedecer para conservar a nossa vida.

DESOBEDECENDO A DEUS.
Genesis 3:1-3

Satanás tomando forma de uma serpente, e aproximou da mulher e perguntou: “Será verdade?! Deus disse que vocês não podem comer nenhuma fruta do jardim; nem uma só fruta?!”
Vejam que ele já começa a colocar dúvidas na cabeça da mulher, ele altera as ordens que Deus havia dado aos seus filhos, Deus disse-lhes: que de todas as frutas poderiam comer menos daquela árvore, mas satanás diz a ela SERÁ VERDADE?! NENHUMA FRUTA DO JARDIM.?! Ele interroga novamente a mulher: Deus disse que vocês não podem comer nem uma só fruta?!”.
A mulher não pecou por falta de aviso porque a sua resposta para satanás foi: “Claro que podemos!”, respondeu a mulher. “Só a fruta que esta no meio do jardim é que não podemos comer. Deus disse que não podemos comer daquela árvore, e que não podemos nem por as mãos nela, porque se não morreremos.”

SATANÁS APONTA DEUS COMO UM MENTIROSO.
Ele sabe armar as maiores ciladas para nos enganar, fazendo-nos propostas que nos parece ótimas e que nos leva a sonhar com coisas grandes.

Gênesis 3: 4-7

“É mentira contestou satanás!”, “Vocês não morrem, não!” Deus sabe muito bem se vocês comerem está fruta, no mesmo instante vocês ficarão como Ele, pois os seus olhos se abrirão. Vocês vão ficar sabendo distinguir entre o bem e o mal.
A mulher acreditou nisso. Então achou que a fruta era boa para comer. Agora a árvore parecia tão bonita! E parecia boa até para dar sabedoria! Pensando assim, ela apanhou uma fruta e comeu. Deu ao marido, e ele comeu também. Mal acabaram de comer, ficaram conscientes da nudez em que estavam e se encheram de vergonha. Então juntaram folhas de figueira e fizeram aventais para se cobrir.
Além de apontar Deus como mentiroso ele diz a mulher que se eles comessem aquela fruta seriam sábios como Deus.
O pecado não estava apenas na desobediência, mas no desejo de ser igual a Deus, ser sábio, ter o conhecimento, ser livre. O plano de satanás quando fazia parte do reino de Deus era ser igual a Ele.
Ele os enganou porque ele sabia que já mais os filhos de Deus poderiam ser iguais a Ele, mas ele queria vê-los pecar.
Os pecados de Adão e sua esposa, não foram por terem comido apenas a fruta proibida e sim o desejo de adquirir a sabedoria de Deus oferecida pelo o maior inimigo Dele.
Uma proposta enganosa, um desacato ao criador.
Muitos sonhos e desejos nos conduzem a morte. O ser humano é capaz de fazer loucuras para chegar ao topo do sucesso.
Atrás de muitos sonhos e desejos ilícitos vem a mentira, o desejo de ser superior.
O plano de satanás é que permanecemos na mentira, e nos sentimos o dono da razão sempre provando que cometemos tal pecado por culpa de outros.
Observem que todo criminoso quando vai preso eles dizem as autoridades: “Eu sou inocente, não fiz nada doutor, a culpa foi do outro”
O instinto do homem é pecar e se defender como inocente.
A primeira conversa de Deus com o casal do Éden vem acompanhada de mentira um acusa o outro
A MENTIRA PARA SE DEFENDEREM
Gênesis 3:12-
“Eu comi,” admitiu Adão, “Mas foi “a” mulher que o Senhor me deu que me ofereceu a fruta, e eu comi”.
Adão mente para Deus dizendo, que Ele é o culpado pela sua desobediência, que se Deus não tivesse dado-lhe Eva como sua esposa ele não teria pecado.
Adão acusa Deus como responsável pelo seu erro, essa é a forma mais usada no nosso dia a dia, jogar a culpa no próximo para nos defender de nossos erros.
Eva também se defende culpando a serpente que era o próprio satanás.
Então o Senhor Deus perguntou à mulher: “Como é que você foi fazer uma coisa dessas?!”
“Satanás me enganou,” replicou ela.
Adão pode ter comido a fruta por que Eva lhe deu, mas foi ela quem pecou porque estava perto da árvore e tocou na árvore proibida e comeu o seu fruto.
A mulher além de cometer o pecado da desobediência levou para o seu marido a fruta proibida. Depois de satanás ter convencido ela a comer, a árvore se tornou agradável aos olhos, o seu fruto ficou com aparência de um delicioso sabor, e sabendo ela que se comesse o fruto como satanás disse a ela se tornaria sabia como Deus então ela não resistiu a tentação. Porque ela pensou, imagine alem de comer esta fruta bonita poderemos ser inteligente igual a Deus o nosso criador. Então por causa deste desejo de querer ser igual a Deus o mesmo que satanás teve quando foi expulso do céu, todos nós fomos considerados por Deus pecadores.
Algumas pessoas me passam e-mail dizendo que Deus é autoritário, sem amor, um brucutu, não tem respeito pela vida dos seres humanos. Mas saibam que o verdadeiro pai não passa a mão na cabeça do filho que vive cometendo erros, ele o corrige e até mesmo se necessário o castiga.
Muitos pais quando os seus filhos cometem erros eles dizem que é coisa de criança ou adolescente, passam a mão na cabeça. Como aconteceu com um jovem que foi agredido com uma lâmpada fluorescente na avenida paulista na capital de São Paulo porque era um gay, uns dos pais dos acusados disse: que era atitude de adolescente.
Não preciso concordar com quem assume ser um gay, mas como um ser humano eu devo respeitá-lo como o meu semelhante.   
Não vá a busca da violência, ou da morte de sua alma, mas encontre a vida em Jesus Cristo.

Editado por José simião.
12/08/2011