sábado, 6 de agosto de 2011

JESUS É O NOSSO ADVOGADO.



Quando Jesus veio ao mundo Ele nos ensinou os seus mandamentos, mas por causa de nossos pecados por herança de Adão e Eva. Tínhamos uma divida com o Pai, Mas pela sua bondade e misericórdia Ele assumiu a nossa divida. E essa divida tinha um preço a ser pago e esse valor foi baseado dentro da lei, e pela lei para que Deus perdoasse os pecados do povo teria que oferecer sacrifício de animais. Mas Deus estava cansado de falsos sacrifícios porque o povo continuava no pecando eles não cumpriam as suas leis e não tinha direito a vida eterna. Então Deus envia o Seu filho ao mundo para nos oferecer em sacrifício para que nós pudéssemos ser salvos, Jesus veio como o cordeiro de Deus para substituir o bode que recebia o pecado do povo e depois era morto.
 Leviticos 16:15 “Depois sairá para matar o bode da oferta pelo pecado em favor do povo”.
Tendo sacrificado o animal, entrara de novo, trazendo o sangue dele para dentro do véu. Ali borrifará o sangue na sede da misericórdia e em frente dela - como tinha feito com o sangue do novilho. “Assim fará expiação pelo lugar Santo, para apagar a contaminação feita pelos pecados do povo de Israel”.
A expiação será também pelo Tabernáculo. Pois o Tabernáculo fica no meio dos Israelitas e esta rodeado pelas impurezas deles.
Apesar de tantos sacrifícios estes rituais não funcionavam porque nós continuávamos como escravos do pecado, porque o povo sabia que se cometessem pecados novamente era só oferecer sacrifício novamente.
Então Deus queria dar uma chance para o mundo, mas tinha que ser algo mais forte já visto pelo olho humano. Deus queria algo que tocasse no coração humano então envia o Seu filho Jesus para substituir o animal do sacrifício pela humanidade, mas poucos reconheceram este ato de amor do Pai e do filho.
Jesus não foi para cruz como um coitado como muitos dizem ou mesmo forçado, mas sim era uma promessa de Deus, Ele foi como ato de amor pela humanidade, e obediência a Pai. Ele foi torturado, humilhado e nós fomos responsáveis pela sua morte porque trazíamos o pecado herdado de Adão, e Eva. Mas quando Ele ressuscitou dentre os mortos passamos a ser herdeiros do reino de Deus.
Não devemos chorar, nem guardar nem um dia em respeito a sua morte e sim devemos nos alegrar porque Ele ressuscitou e vive.
Hoje não somos mais escravos dos sacrifícios de animais, e nem do pecado, porque se pecarmos Ele é o nosso advogado para nos defender.
I João 2:1-6 Meus filhinhos, estou lhes dizendo isto a fim de que vocês fiquem longe do pecado. Mas se vocês pecarem existe alguém para rogar por vocês diante do Pai. O nome Dele é Jesus Cristo, Aquele que é tudo quanto é bom e que agrada completamente a Deus. Ele foi que levou sobre si a ira de Deus contra os nossos pecados, e não somente os nossos, mas os do mundo inteiro. E como podemos ter certeza de que pertencemos a Ele? Olhando para dentro de nós mesmos: estamos realmente procurando fazer o que Ele quer que façamos? Alguém pode dizer: “Eu sou cristão, ou estou no caminho do céu, e pertenço a Cristo”. Mas se não fizer o que Cristo lhe manda, é um mentiroso. Mas aquele que faz o que Cristo lhe manda, aprenderão a amar a Deus cada vez mais Esta é a maneira de saber se você é ou não é um Cristão.
Qualquer um que diga que é Cristão deve viver como Cristo viveu.

DEVEMOS SEGUIR SOMENTE A CRISTO.
Gálatas 5:16-
Eu aconselho a obedecerem somente às instruções do Espírito Santo. Ele lhes dirá aonde ir e o que fazer, e assim vocês não estarão fazendo sempre as coisas erradas que a natureza pecaminosa de vocês quer que façam.
No versículo 24 do capitulo 5 de Gálatas nos diz Aqueles que pertencem a Cristo pregaram seus maus desejos naturais na sua cruz e os crucificaram ali.
Se, agora, estamos vivendo pelo poder do Espírito Santo, sigamos a liderança do Espírito Santo em todos os aspectos da nossa vida. Então não precisaremos mais andar em busca de honras e de popularidade, que levam à inveja e a maus sentimentos.
Gálatas 6:16 Que a misericórdia e a paz de Deus seja com todos vocês que vivem por esta norma, e com todos quantos, em toda parte pertencem realmente a Deus.

Editado por José Simião
06/08/2011