quinta-feira, 14 de abril de 2011

ABRAÃO O PATRIARCA

UM HOMEM QUE ERA FIEL A DEUS






Abraão foi um dos homens de Deus mais respeitado pelo povo Judeu;



Quando falamos de Abraão todo o povo evangélico sabe que estamos nos referindo ao um grande servo de Deus, homem fiel e justo diante dos olhos do Senhor.

Deus faz uma promessa para Abraão (Gêneses Cap.12:1-7)



Depois da morte de Terá pai de Abrão, o Senhor fala com ele. “Deixe a sua terra e seus parentes”. Vá para uma terra que eu mesmo vou mostrar. “Faça isso, e eu farei de você o pai de uma grande nação.” Abençoarei você farei que seu nome fique famoso. E você será uma benção para outros. “Abençoarei aqueles que abençoarem você”. Amaldiçoarei aqueles que amaldiçoarem você. “O mundo inteiro será abençoado por sua causa!” Abraão obedeceu ao Senhor, e partiu. Estava com setenta e cinco anos quando começou a viagem. E seu sobrinho Ló foi com ele. E também sua esposa Sarai que futuramente passaria a se chamar Sara. Abraão era um homem muito rico possuía muitos bens, e escravos, segundo a bíblia sua esposa era muito bonita. Mas era estéril não podia gerar filhos, e naquela época ter filhos era uma honra para o homem e também para mulher principalmente se o filho fosse do sexo masculino, era um orgulho para o pai. Abraão percorreu aterra de Canaã ate o carvalho de More, Perto de Siquém. Acampou-se ali.

Neste tempo os Cananeus viviam naquele território Então o Senhor apareceu a Abraão e disse: ”Vou dar esta terra aos seus descendentes.” Abraão construiu um altar ali, para comemorar o aparecimento do Senhor. Depois saiu daquele lugar. E viajou para o sul, até á região montanhosa situada entre Betel, a oeste, e Ai, leste. Acampou ali, fez um altar e orou ao Senhor. Mais tarde Abraão saiu dali. E segui viagem, indo sempre em direção á Neguébe. Naquela época ouve grande fome em toda região. Abraão desceu para o Egito para sobreviver. Chegando ao Egito Abrão disse a Sarai você é muito bonita, quando os Egípcios virem você, dirão esta é a mulher dele vamos matá-lo e ficar com ela, más se você disser que e minha irmã eles me tratarão bem. Acreditando Faraó que sarai era irmã de Abrão ficou com ela. Neste tempo que Abrão ficou no Egito ele progrediu muito com seus bem porque faraó o tratava bem. Acreditando que ele era irmão de Sarai. Más por causa da mentira de Abrão, Deus mandou grande maldição sobre Faraó, logo descobriu que Sarai era esposa de Abrão e não sua irmã, por isso Abrão foi expulso do Egito.

O seu sobrinho Ló também era um homem rico, muito gado muitas ovelhas e vários empregados.

Abrão também participou da guerra contra quedorlaomer e seus aliados. Venceu porque Deus estava com ele, e tinha um plano em sua vida. E tudo que Abraão fazia era para engrandecer o nome de Deus.

Depois de todas as provações que ele passou. O Senhor Fala novamente com ele (Gêneses Cap. 15: 1 ) O Senhor falou com Abrão por meio de uma visão. Disse: “Abrão, não tenha medo. Eu defenderei você. E lhe darei muitas bênçãos.” Abrão respondeu: O Senhor Deus, de que estas falando? Pois não tenho nenhum filho, e o meu herdeiro é o meu mordomo Eliézer. Ele, que não é da minha família, e que é estrangeiro, e de Damasco! Não tenho descendente, ou ele ou algum criado nascido em minha casa herdara as riquezas que me das!

Disse. Porem, o Senhor: “Não, não’ Seu herdeiro não será Eliezer. Nem outro qualquer que não seja seu filho você ainda será pai e seu filho herdara tudo que é seu” Sendo Sarai estéril entregou sua criada Hagar para deitar-se com Abrão e esta lhe - deu um filho que o puseram o nome de Ismael, mas este ainda não era o plano de Deus.

Porque a criança não era filho de sarai e sim de sua empregada, mas pela obediência de Abrão o Senhor abençoou a sarai mesmo estando com a idade avançada ela ficou grávida e teve um filho que o puseram o nome de Isaque.

Este era o filho que Abraão tanto sonhou seu verdadeiro herdeiro, um presente de Deus e Deus amava a Abraão e a Sara porque eles eram fieis com o Senhor. Mas Deus ainda queria provar a fidelidade de Abraão, pois ele sabia que Abraão amava muito o seu filho, um único filho que nasceu em sua velhice, então Senhor pede a ele a oferta mais difícil de um ser humano cumprir, pede que Abraão ofereça Isaque em sacrifício, então Abraão pega o seu único filho, e vai fazer o que o Senhor o ordenou. (Gêneses Cap. 22: 6- 13 Abraão pega a lenha e Poe sobre os ombros de Isaque.) E foram juntos Isaque carregava a lenha e Abraão um Facão em uma das mãos e uma tocha de fogo. Andaram um pouco Isaque falou “pai!” “Que é meu filho!” respondeu Abraão. O filho perguntou temos lenha e fogo “mas” onde esta o cordeiro, Abraão responde Deus proverá. Chegando ao local do sacrifício Abraão monta o altar com a lenha amarrou Isaque e pos o sobre o altar depois pegou o facão para matá-lo “mas” foi interrompido. Nesse momento o anjo do Senhor gritou do céu: “Abraão! Abraão!” “Aqui estou Senhor!” respondeu ele. “Deixe o rapaz viver,” disse o “anjo.” Não lhe faça nada. Bem sei que Deus esta acima de tudo em sua vida. Pois você não me negou nem mesmo o seu amado filho. Momentos depois, Abraão viu um cordeiro que Deus enviou. Após este acontecimento Deus abençoou novamente a Abraão com muitas bênçãos. Abraão foi um dos servos mais queridos de Deus por sua obediência. Ele ofereceu o seu único filho em oferta a Deus, Abraão amou a Deus durante toda a sua vida, ele foi fiel acreditou nas promessas de Deus, andou segundo os seus mandamentos sem desviar-se dos caminhos do Senhor. Vejamos também o quanto Deus nos amou dando-nos o seu único filho para nos salvar. Mas Jesus não teve nenhum cordeiro para substituí-lo com sua morte na cruz, Ele foi o cordeiro de Deus que tirou o pecado do mundo o único, o insubstituível, Ele comprou a nossa divida não se importando com a dor e humilhação que sofreria. Levou para a cruz todos os nossos pecados Deus honra e ama o servo fiel. Assim como Deus enviou um cordeiro para salvar Isaque que seria o pai de uma grande nação promessa herdada de seu pai Abraão. Porque Isaque era a continuidade das promessas de Abraão. Abraão o servo fiel, viveu toda a sua vida servindo a Deus e deixando bons exemplos para o povo de Deus. Fazia tudo que agradava ao Senhor, o patriarca.



Texto editado por José Simião.

14/04/2011