quinta-feira, 3 de março de 2011

Deus é minha fôrtaleza

PORQUE FIRMAR OS PÉS SOBRE A ROCHA?

Todos os engenheiros quando vão executar a construção de um prédio, primeiro “fazem” a sondagem do solo procurando terrenos rochosos para que a construção tenha total segurança, para que no futuro não venha desabar podendo causar gravíssimos acidentes. Apos a sondagem então e dado o inicio da construção tudo conforme o projeto do arquiteto. A nossa vida espiritual também deve ser firmada sobre a rocha que é Jesus Cristo. Se construirmos um prédio sobre a lama com certeza ira cair logo, talvez antes de sua inauguração. Se formos moradas do Espírito Santo, é porque somos casas ou templos onde ele habita. Se não firmamos nossas vidas em Jesus e em suas palavras, também logo cairemos porque não estamos firmes na rocha a qual é Cristo o filho de Deus. No livro de Salmos Cap. 40 Ver 1 o Salmista expressa com palavras convictas que o Senhor o socorreu quando estava afundado em um lamaçal, um poço de desespero Ele narra de uma forma calma e tranqüila mostrando nos total confiança no Senhor nosso Deu. Mas podemos Observar que ele diz que esperou com paciência no Senhor ele não se apavorou porque era convicto que o Senhor o ouviria na hora certa. Ele também relata que o Senhor o fez andar sobre rochas. Alem de colo-calo em total segurança pos- lhe em seus lábios uma nova canção de louvor a Deus, também o Salmista diz que os feitos do Senhor em sua vida virariam noticiais, e muitos saberiam do grande milagre que Deus fez em seu momento de aflição, “e” através do seu testemunho muitos passariam a respeitar o nosso Deus. Após contar o que o Senhor fez em sua vida ele começa a engrandecer a Deus. No Versículo 5 e diz. Meu Senhor são muitos e formidáveis os milagres que tens feito para nos. Os teus planos são perfeitos. Ninguém pode ser comparado a ti. Gostaria de anunciar ao mundo as tuas grandes obras, mas elas são tantas que durante toda a minha vida não as divulgarias por completo. Muitas vezes entramos em desespero e começamos a gritar parecendo não confiar “em” nosso Deus. Perdemos noites e mais noites de sono, porque não sabemos colocar a nossa fé em pratica, temos um Deus que nos mesmo não o conhecemos, não deixamos ele nos mostrar o seu poder, falamos para outro sobre o seu poder “mas” quando nos somos levados a momentos de provação, nos que somos servos desconhecemos o seu poder. Então começamos a demonstrar que não vivemos o que pregamos e que temos um Deus, mas não temos total confiança nele quando o problema é exclusivamente nosso, esta é a hora da grande provação hora de mostrar que não estamos sós, mas pela nossa falta de fé e comunhão com Deus, então entra o oposto do relato do Salmista, vem as tristezas derrotas lamentações deixamos a convicção do poder de Deus, e passamos acreditar na sorte. É este o exato momento em que satanás entra em ação para terminar de nos afundar. Porque já estamos dominados pela a tristeza a derrota o fracasso, a leitura da palavra já não nos trará prazer. Então sentamos e assistimos a nossa pro-pria derrota. Todo o efeito negativo na vida espiritual do crente vem através da inabilidade do manejo da bíblia. Uma das causas do desinteresse a leitura da bíblia e a falta de disciplina nas Igrejas e ensinamentos baseados na bíblia que venha nos advertir para que não caiamos em pecados, e que nos incentive a sentir prazer em ler a bíblia todos os dias. A bíblia e o manual de sobrevivência do crente. Aos Efésios Cap. 6 ver 1 a17

Texto editado por Jose Simião
07/02/2011